FIGUEIRA VENCE O CRUZEIRO E DEIXA A ZONA DE REBAIXAMENTO

16:12:00
Em partida realizada nesse domingo dia 31/05, o Figueirense derrotou o Cruzeiro por 2x1. O time alvinegro foi a campo com o seu uniforme número um, camisas listradas em preto e branco,  calções pretos e meais pretas. Marquinhos e Carlos Alberto marcaram para o Figueira e Henrique fez o gol cruzeirense.
Eduardo Valente/Gazeta Press
Argel mandou o Figueira a campo no 4-4-2 que vem sendo utilizado constantemente, mas mudou as peças. Pedroso começou a partida na lateral esquerda e tinha Fabinho um pouco mais a frente. Ricardinho foi a surpresa entre os titulares e compôs o lado direito do meio de campo. Rafael Bastos era o meia centralque fazia a ligação ao ataque. Deveria ter feito, mas voltou mal, parecia travado em campo, não conseguia se movimentar. Acabou se lesionando  novamente e deu lugar a Carlos Alberto que fez a sua estréia. Marcão foi o companheiro de ataque de Clayton, já que Everaldo não vem agradando.  No início do jogo, o lado esquerdo alvinegro de defesa se mostrava falho, com Pedroso e Fabinho não se acertando na marcação de Mike que subia muito ao ataque. Aos 8 minutos Alex Muralha, em grande fase, fez boa defesa no canto baixo esquerdo em chute de De Arrascaeta.O  Figueira respondeu com uma boa jogada de Marcão que girou pela intermediária direita após cruzamento de Leandro Silva, mas chutou no meio do gol e Fábio fez a defesa. Em mais uma jogada explorando o lado esquerdo de defesa alvinegro, Leandro Damião  recebeu cruzamento e cabeceou para bela defesa do Alex Muralha. Carlos Alberto entrou aos 25 minutos substituindo Rafael Bastos. O meia aparentou  estar um pouco fora de forma mas mostrou um toque de bola diferenciado e tentou várias jogadas individuais. Em escanteio batido aos 36 minutos por Ricardinho, o zagueiro Marquinhos subiu mais que Bruno Rodrigo e mandou pro  fundo do gol cruzeirense.A bola deu um pequeno desvio nas costas de Carlos Alberto mas o gol foi dado para o capitão alvinegro. Logo depois foi a vez de Pedroso se machucar e dar lugar ao chileno Cereceda.  Aos 42 minutos veio o empate do time celeste.Em Cobrança de falta Henrique aproveitou marcação falha de Leandro Silva e cabeceou sem chance pro goleiro alvinegro.
www.globoesporte.com
No começo do segundo tempo Ricardinho cobrou falta na área para o Figueira, Marquinhos ganhou mais uma vez de Bruno Rodrigo pelo alto e cabeceou para Carlos Alberto, que dominou, virou e chutou no canto baixo do goleiro Fabio, colocando o time de Santa Catarina mais uma vez  na frente do placar. O Cruzeiro foi em busca do empate tinha as ações do jogo, tanto que teve 62% de posse de bola. Alisson substituiu Willian pelo lado mineiro. Aos 17 minutos, Alex Muralha fez mais uma bela defesa em chute forte de Henrique. Leandro Silva mais uma vez um monstro na defesa, teve a sua chance de fazer um gol. Aos 21 minutos em jogada com Marcão o camisa 2 recebeu no bico da grande área mas pegou mal na bola. Aos 28, em roubada de bola do incansável Paulo Roberto, Marcão chutou com categoria no canto esquerdo do goleiro Fábio. O técnico Marcelo Oliveira foi pro abafa  final e sacou o volante Charles, lançando o atacante Joel em seu lugar. Aos 34 minutos, Carlos Alberto saiu para entrada de Yago. O final de jogo foi com o Cruzeiro tentando o empate, mas sem muita objetividade não conseguiu  levar muito perigo a meta alvinegra. 
O árbitro goiano Elmo marcou 29 faltas. Tecnicamente foi razoavelmente  bem, disciplinarmente exagerou nos cartões amarelos. Deu 7 para o Cruzeiro e 3 para o Figueira. O volante cruzeirense Wilian foi expulso quando já tinha sido substituído e estava no banco de reservas. Argel Fucks treinador do Figueira também levou vermelho. Com a vitória o Figueirense deixou a zona de rebaixamento e está na 15ª colocação. O próximo jogo do time de Santa Catarina é quarta feira dia 03/06 contra o Atlético Paranaense na Baixada.

NOTAS DO FIGUEIRA
ALEX MURALHA – 2 belas defesas em finalizações de Damião e Henrique. Muito seguro. NOTA – 9,0
LEANDRO SILVA – muito forte na marcação, 5 desarmes. Anulou Wilian. No gol do Cruzeiro marcou errado e permitiu que Henrique cabeceasse quase que sozinho. NOTA – 7,5
MARQUINHOS – gigante na bola aérea, posicionamento quase perfeito. Fez um gol. NOTA – 9,0
BRUNO ALVES – não comprometeu, precisa melhorar a bola aérea. Vem aprendendo bem com Thiago Heleno a dar bicudas. Ontem foram 9. NOTA – 7,0
MARQUINHOS PEDROSO – saiu lesionado aos 37 do primeiro tempo. Não vinha fazendo uma boa partida na lateral. Falho na marcação. NOTA – 5,5
PAULO ROBERTO – incansável na proteção a zaga alvinegra. É o pulmão do time, boa marcação sem cometer faltas. Errou alguns passes. NOTA 7,0
FABINHO – começou meio perdido pelo lado esquerdo com Pedroso. Com a entrada do Cereceda acertou o posicionamento. Marca e desarma muito. Contabilizando boas partidas. NOTA – 8,0
RICARDINHO – razoável, cobrou os lances que originaram os gols alvinegros. Precisa jogar mais na vertical,busca  muitos passes para o lado e para trás. NOTA – 6,0
RAFAEL BASTOS – mal na partida, travado, não parecia estar a vontade em campo. Saiu lesionado aos 25 da primeira etapa. NOTA – 5,0
CLAYTON – partida fraca do atacante alvinegro. Nenhuma finalização a gol,  perdeu a bola 11 vezes. NOTA – 5,0
MARCÃO – Boa partida, movimentação intensa, 3 conclusões perigosas. NOTA – 7,5
CARLOS ALBERTO – Belo gol, boas jogadas, alguns dribles, a bola sai diferente do seu pé. NOTA – 8,5
CERECEDA – Acertou a marcação e pelo lado esquerdo. NOTA – 7,0
YAGO – entrou no lugar do Carlos Alberto, ajudou a fechar  o lado direito Cruzeirense. Perdeu algumas bolas. NOTA - 6,5

Compartilhe isto

Posts Relacionados