Doces ou travessuras?

Murillo Ferreira 14:06:00


Fonte: Terra.com.br
Parece que o Dia das Bruxas chegou mais cedo para a torcida são paulina e o Tricolor Paulista provou nesta noite de quarta que nada é tão ruim que não possa piorar. Após perder o primeiro jogo, no Morumbi, pelo elástico placar de 3 a 1, o São Paulo precisava vencer por pelo menos três gols de diferença para avançar, ou por dois gols de diferença, desde que o placar fosse igual ou superior a 4 a 2.

A última vez que o Santos perdeu em casa por um resultado que o eliminaria havia sido em 2008, pelo Campeonato Brasileiro, por 4 a 0 contra o Goiás. Naquela ocasião, dois atletas hoje do São Paulo foram titulares: Hudson e Wesley.

Alguns ainda tinham esperança da classificação, ao menos da boca pra fora, mas era evidente que era uma missão quase impossível se tratando do momento dos dois clubes e do retrospecto recente. No fundo, o que todos os torcedores queriam é que o time terminasse a competição com dignidade, mas não foi o que aconteceu.

É o típico jogo que não se vale a pena alongar em comentários, afinal, são quase sempre os mesmos erros. O São Paulo precisava fazer três gols, porém com 23 minutos de partida era o Santos que vencia por este placar. No agregado, o confronto ficou 6 a 2, mas nem por isso significa que o Santos dominou o São Paulo completamente. O Peixe foi cirúrgico, preciso em seus ataques e aproveitou as chances que teve e uma defesa completamente desorganizada.

Não dá pra colocar a culpa completamente em Doriva, mas também não tem como defende-lo. O “queridinho” Osorio também perdeu de três na Vila e em um jogo que poderia ser mais. Todos os jogadores deixaram a desejar nas duas partidas.

Happy Halloween, Tricolores!


Compartilhe isto

Posts Relacionados