E que apagão.....

20:03:00
O São Paulo foi à campo na noite desta quarta-feira, no Morumbi, em busca da vitória e da vantagem para o jogo de volta, contra o Santos. O resultado foi negativo. 

No começo da partida, aos 40 segundos de jogo, uma queda de energia tomou conta do estádio, e o jogo foi paralisado. Após o recomeço da partida, o São Paulo propôs um estilo de jogo ofensivo, com posse de bola, o que dava á equipe santista espaços para contra-atacar.
Torcida tricolor apoiando o time no momento da queda de energia, no estádio do Morumbi.
Foto: Daniel Perrone/ globoesporte.com

No primeiro ataque santista, o primeiro gol. Aos 14 min, após receber belo passe, Gabriel bate rasteiro, e abre o placar: 1x0. O empate veio aos 25 min, em belo cruzamento de Michel Bastos, onde Alexandre Pato domina no peito, e toca no canto esquerdo de Vanderlei. 

Um fator negativo no jogo: a chuva. O que era pra ser uma simples garoa, virou um dilúvio que prejudicou algumas jogadas e o melhor desempenho das equipes.

No começo do segundo tempo, além do apagão das luzes do começo do jogo, outro: a equipe do São Paulo. 2 gols do Santos em 5 minutos. O São Paulo perdia por 3 a 1 e, tentou até o final do jogo,
 mas a bola não entrou para diminuir a vantagem da equipe alvinegra.

O tricolor não conseguiu aproveitar as inúmeras chances criadas. Poucas oportunidades de gol ao Santos e 3 delas marcadas. Já o São Paulo, teve aproximadamente 6 chances claras ao gol que farão muita falta no jogo de volta, e aproveitou somente 1 vez. 

Obviamente reverter esse resultado não será nada fácil. O confronto de volta, ocorrerá na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, a equipe santista pode perder por até 2 gols de diferença para avançar. Se o tricolor devolver o mesmo placar, a vaga será decidida na disputa por pênaltis. O São Paulo precisa de 3 gols de diferença para ir á final.

Já pelo Campeonato Brasileiro, o adversário do São Paulo na 32ª rodada será o Coritiba, no domingo.


Siga-nos no twitter: @SPFC_VQTTV

Compartilhe isto

Posts Relacionados