Jogo equilibrado, empate sem gols

00:46:00

Após grandes defesas do goleiro Marcelo Grohe, Grêmio empata no Rio de Janeiro contra o Vasco.

    Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio enfrentou o Vasco da Gama, fora de casa, após ter vindo de uma derrota diante da Chapecoense no domingo passado, na Arena. Era dia de superar a vergonha do último jogo e dominar o Maracanã, indo para cima do lanterna, e, assim, encaminhar a vaga para a Libertadores. O Grêmio estava com 55 pontos, em terceiro lugar, e precisava da vitória para abrir oito pontos do quarto colocado do campeonato, o Santos. Para o jogo de hoje, o Grêmio não contava com o zagueiro Pedro Geromel e o atacante Luan. Thyere e Pedro Rocha foram os substitutos.

    A partida mal começou, e, como de costume, Walace recebeu cartão amarelo, ficando suspenso da próxima partida diante do Flamengo. O Vasco, que estava a 8 jogos sem perder, foi pra cima do Tricolor Gaúcho, possuindo a maior posse de bola e o apoio de sua torcida. As principais chances da equipe cruz maltina saíram dos pés do atacante Nenê, um dos líderes da equipe ao lado do capitão e zagueiro Rodrigo. O jogo era importante para ambas equipes. Para o lado vascaíno, a esperança de ainda sair da zona de rebaixamento. Para o lado gremista, a confirmação do terceiro lugar do Campeonato Brasileiro.
Foto: Fernando Soutello | Gazeta Press

    Houve uma boa chance para o Grêmio quando Pedro Rocha e Douglas combinaram uma jogada, e, na sequência, Marcelo Oliveira cruzou muito mal, direto para fora. Em um lance, Rodrigo quase fez um gol contra após tentar afastar a bola de cruzamento de Galhardo. O Grêmio começou jogando mal, mas, aos poucos, foi se ajustando na partida. Como prova, Erazo salvou o Grêmio após uma bola colocada na área por Leandrão. Giuliano, Douglas, Pedro Rocha e Bobô, o quarteto gremista, apareceram bastante durante a partida mas não foram eficazes no ataque. Giuliano, desde jogos anteriores, não vem tendo uma boa atuação em campo. Douglas, disparadamente, foi o que se destacou no ataque, gerando ótimos passes e cadenciando bem o jogo. Pedro Rocha, de início, se esforçou, mas não era o seu dia. Com alguns passes e chutes errados, o menino foi desanimando. Bobô, centralizado, não conseguiu cumprir o seu papel, ora se antecipando demais nas jogadas ora demorando demais para chegar, faltando o cacoete de centroavante.
Foto: André Durão | GloboEsporte.com

    Na metade do segundo tempo, o Grêmio tomava conta do jogo, mas abria espaços para o time carioca jogar. Aos 18 minutos, veio a primeira alteração da equipe gremista, Everton no lugar de Bobô. E, para a frustração do torcedor gremista, Pedro Rocha, que estava sozinho na área, perdeu um gol feito, após Douglas colocar a bola na área. De fato, o Grêmio puxou um bom contra-ataque com as ajudas de Douglas, que não foram muito bem aproveitadas pelos atacantes. Sem a bola, o Grêmio recuava. Com a bola, saia rapidamente e cautelosamente. A equipe vascaína tocava devidamente a bola, o que resultou em inúmeras jogadas de perigo, fazendo com que o Tricolor Gaúcho recuasse para o campo de defesa, contando, desta forma, com as belíssimas defesas da muralha Marcelo Grohe.

      Com a volta do goleiro titular, após dois jogos fora por conta de uma lesão no ombro, o Grêmio ganhou segurança no seu setor defensivo. Marcelo Grohe não deu chance para o Vasco movimentar o placar e foi o destaque da partida, sendo o melhor em campo da equipe gaúcha. Com o empate, o Grêmio foi a 56 pontos, permancendo no terceiro lugar da tabela. Para o Vasco, o resultado é ruim. Para o Grêmio, nem tanto, contudo, é inevitável a preocupação após duas rodadas sem vitórias e com uma atuação fraca, sem brilhos.


Ficha técnica:

Local: Maracanã
Data: 25 de outubro de 2015, domingo
Horário: 17:00 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse

Cartões amarelos: Bruno Gallo (Vasco); Walace (Grêmio) 

Equipes:
VASCO: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Bruno Gallo, Andrezinho, Julio dos Santos (Diguinho, 18' 2ºT) e Nenê; Jorge Henrique (Renato Kayzer, 41' 2ºT) e Leandrão (Rafael Silva, 25' 2ºT)
Técnico: Jorginho 

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Rafael Thyere, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Moisés, 27' 2ºT), Giuliano e Douglas (Fernandinho, 33' 2ºT) Pedro Rocha e Bobô (Everton)
Técnico: Roger Machado 



Fontes: Terra Esportes, UOL


                                                                                                                                Julianne Guimarães

Compartilhe isto

Posts Relacionados

4 comentários

Write comentários