Um passo de cada vez...

18:02:00
Quando tudo parece já ter perdido o sentido em 2015, eis que o Internacional vai lá e trata de fazer a torcida pelo menos acreditar que sim, é possível  alcançar o G4 e figurar na Libertadores da América de 2016.
"Willian jogou demais na tarde desse domingo no Maracanã."
(Foto:https://www.facebook.com/SCInternacional.Oficial)

A vitória de 1 a 0 nesse domingo, em pleno Maracanã contra o Flamengo de Guerrero e Sheik faz o Colorado terminar a 31ª rodada na sétima posição, com 47 pontos, 2 atrás do Santos atual 4º colocado.

Nada de grande atuação, nada de velocidade, intensidade, compactação , a vitória vermelha veio na base da entrega, o gol de Ernando nasceu de um contragolpe e um vacilo defensivo rubro-negro.

O Inter abriu o placar e depois entregou-se ao estilo "brigador", nas poucas vezes que saiu para o contra-ataque a equipe de Argel não soube aproveitar, mas defensivamente o Colorado superou as expectativas, segurou o placar e  voltou a vencer.

Willian fez uma atuação de gala, o lateral-direito que foi bem na marcação, foi também a maior válvula de escape pro campo de ataque.

Réver e Paulão, auxiliados por Ernando, conseguiram parar a experiente e perigosa dupla de ataque flamenguista, Dourado e Nilton fizeram o básico, obstruíram o meio-campo e foram combativos impedindo Allan Patrick de jogar.

Valdívia não foi poupado de marcar, acompanhou Pará o jogo inteiro, fechou o corredor, e pouco produziu ofensivamente.

Anderson e Alex fizeram pouco, quase nada, Alex saiu aos 10 minutos da etapa complementar pro retorno de D'Alessandro, que mesmo sem ritmo de jogo conseguiu cadenciar o meio, e administrar a bola por mais tempo.

Lisandro López mais uma fez foi vítima de um time lento e pouco criativo, mesmo assim "Licha" foi participativo, lutou entre os zagueiros, e acabou a partida muito desgastado fisicamente.

Argel demorou a mudar a equipe, o Inter não tinha velocidade, Alex e Anderson mereciam sair ainda no intervalo, o camisa 8 só saiu quando pediu, Vitinho entrou.

Com todas as dificuldades possíveis o Inter venceu, quebrou um tabu que perdurava há 9 anos, sim quase uma década que o Colorado não vencia o Fla no Maracanã, agora sábado é encarar o Joinville no Beira-Rio, a obrigação é os 3 pontos, na sequência Goiás no Serra Dourada outro jogo essencial na caminhada ao G4.

Falta padrão tático, falta preparo físico, faltam alternativas no elenco, mas que sobre vontade nas rodadas finais, vamos lá jogo a jogo,ponto a ponto, dando um passo de cada vez...

Compartilhe isto

Posts Relacionados

1 comentários:

Write comentários