Recuperação, Estrela e Vitória do Grêmio.

20:54:00

Grêmio se recupera na partida, marca dois gols no segundo tempo e garante a vitória



Em jogo decisivo para encaminhar a vaga da Libertadores, o Grêmio enfrentou hoje na Arena, o Flamengo, pela 33ª rodada do Brasileirão. Com mais de 37mil torcedores em campo, o Grêmio conquistou a vitória com 2 gols, um de Everton e um de Bobô, os dois no segundo tempo. A vitória era essencial para o Grêmio, não só para garantir a distância dos times que brigam pela 4ª vaga, mas principalmente para recuperar a vibração e a confiança da torcida, e do próprio time. Time que hoje jogou desfalcado, sem Maicon e Walace; e com Marcelo Oliveira improvisado de volante junto de Moisés, e Marcelo Hermes na lateral esquerda. 

Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio


O primeiro tempo foi um jogo sonolento, e até sem graça, com as equipes chegando muito pouco ao ataque. O Grêmio tentou iniciar com intensidade e velocidade, até o momento do lance polêmico em que Pedro Rocha cai na área, aos 4 minutos, mas que o juiz nada marcou. Após isso, o Flamengo pareceu acordar e soube dominar o meio campo do Grêmio, e não deixou o time avançar. Até tentou algumas jogadas pela esquerda, nas costas de Galhardo, mas sem muito perigo. E pelo lado Tricolor, a única finalização em todo o primeiro tempo foi um chute de Luan - aos 47 minutos, o que resumiu a atuação do Grêmio nesta primeira etapa: displicente. 

Foto: Torcedores.com

Mas, a história do segundo tempo seria bem diferente! 

A única alteração do intervalo foi a entrada de Everton no lugar de Pedro Rocha, mas o time já demonstrava outro ritmo em campo e mais intensidade de jogo. Alguns lances ofensivos surgiam, e logo aos 6 minutos, Douglas encaixou um belo passe para Luan, que com tranquilidade driblou o goleiro Paulo Victor e deixou Everton livre para marcar o primeiro gol Tricolor. 

Após o gol, o Flamengo se desestruturou e aos 14 minutos, Paolo Guerrero foi expulso por reclamar com a arbitragem de uma falta marcada em cima de Moisés. Com a expulsão, e com a nova postura do time em campo, o Grêmio passou a mandar no jogo. Foram muitas as chances de marcar o segundo gol: Galhardo, Luan, Giuliano, Douglas - todos tiveram chances, mas o goleiro do Flamengo, Paulo Victor, defendia tudo. Aos 33 minutos, Roger tirou Douglas e colocou Bobô - com certeza pensando em definir logo o jogo, e assim aconteceu! Aos 39 minutos, em contraataque Tricolor, Marcelo Oliveira lançou Bobô, que na cara do gol e com muita categoria, apenas encobriu o goleiro Rubro-negro e marcou o 2º gol do Grêmio. 

Assim, o Grêmio chega à 59 pontos, à apenas 3 pontos do Atlético-MG, e se mantém em terceiro na tabela. 

Com certeza, a conversa de Roger com a equipe no intervalo e as alterações que ele fez no segundo tempo foram fundamentais para a vitória de hoje. O time se recuperou de um primeiro tempo muito ruim, e ainda teve o brilho de sua estrela, e dos próprios jogadores, que entraram em marcaram os gols: Everton e Bobô. 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 x 0 FLAMENGO
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 1º de novembro de 2015, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Carlos Berkenbrock (SC)
Público: 37.793
Cartão vermelho: Guerrero (Flamengo)
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Hermes; Moisés, Marcelo Oliveira, Giuliano e Douglas (Bobô); Luan (William Schuster) e Pedro Rocha (Everton) Técnico: Roger Machado
FLAMENGO: Paulo Victor, Ayrton, Wallace, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Canteros (Kayke), Luiz Antônio (Thiago Santos) e Jajá (Ronaldo); Gabriel e Guerrero Técnico: Oswaldo de Oliveira




Compartilhe isto

Posts Relacionados

1 comentários:

Write comentários