Rosberg mantém o reinado no GP do Brasil

15:17:00
O GP do Brasil não aconteceu como era esperado pela maioria dos fãs da Fórmula 1. A pista de Interlagos é uma das mais desafiadoras da temporada, girando em sentido anti-horário e com boas retas e curvas de baixa logo na sequência, o que proporciona muitas ultrapassagens ao longo da prova. Porém isso não foi suficiente para termos uma corrida espetacular como normalmente ocorre aqui no Brasil, talvez tenha faltado a famosa chuva que vem do fim da reta para que a corrida ganhasse um tempero a mais.

A largada ocorreu de maneira limpa, com Lewis Hamilton tentando tomar a primeira posição de Nico Rosberg, porém o piloto inglês ficou pelo lado de fora da primeira curva e não conseguiu a ultrapassagem. Quem largou bem foi o finlandês Valtteri Bottas, que colocou sua Willians em quinto, logo atrás dos carros da Ferrari. Carlos Sainz que largou dos boxes devido a problemas em sua STR não conseguiu completar nem a primeira volta e abandonou.

A corrida se desenvolveu de maneira previsível, como a maioria dos GPs do ano, a Mercedes sobrou, porém dessa vez com Rosberg à frente de Hamilton, com a melhor chance de combate entre os dois ocorrendo na 20ª volta. O que prometia ser um combate entre campeão e vice-campeão da categoria, acabou não acontecendo, como o próprio Hamilton disse, “Rosberg guiou de maneira perfeita no Brasil”.
O brasileiro Felipe Nasr fez uma boa corrida até certo ponto, porém os pneus da Sauber não deixaram que ele conseguisse um melhor resultado e, na parte final da prova, acabou sendo ultrapassado por muitos carros e terminou fora da zona de pontuação.

O outro brasileiro, Felipe Massa, teve menos sorte ainda em Interlagos. Ele sofreu com o acerto de sua Williams desde os treinos livres, o que permaneceu na classificação e também na corrida, tendo assim uma atuação bem discreta em casa. Massa acabou terminando a corrida em 8º, mas para piorar sua situação, ele foi punido por causa de irregularidade na pressão dos pneus e acabou desclassificado da prova (vale ressaltar que Lewis Hamilton teve um problema similar esse ano e nenhuma punição foi dada ao piloto da Mercedes); a equipe Williams já informou que apelará da decisão que excluiu o brasileiro do GP do Brasil.

A chuva não chegou e o resultado da corrida foi o que todos já esperavam: Rosberg venceu o GP do Brasil pela segunda vez seguida, logo atrás veio Hamilton para completar a dobradinha da Mercedes; Vettel foi terceiro e Raikkonen o quarto, completando também a dobradinha da Ferrari. Um ponto interessante foi que os dois carros da McLaren chegaram ao fim da prova, com Button em 15º e Alonso em 16º, havendo assim apenas um abandono em Interlagos. A classificação final da corrida (sem a desclassificação de Felipe Massa) ficou assim:
O pódio do GP do Brasil formado por Rosberg, Hamilton e Vettel.
Com o resultado da corrida, Rosberg consolidou como vice-campeão mundial de pilotos e encerrou a sua briga pelo segundo lugar com Sebastian Vettel.
A próxima corrida é em Abu Dhabi, em 29 de novembro e encerra a temporada da Fórmula 1.
Siga-nos no Twitter: Fórmula 1 - VQTTV

Compartilhe isto

Posts Relacionados