Uma derrota que aumentou o drama

19:23:00
A rodada estava perfeita para o Vasco com todos os seus adversários não obtendo os três pontos na rodada... estava perfeita ... Até que chegou a sua vez de entrar em campo para manter uma invencibilidade de três anos contra o seu rival Fluminense, conseguir a terceira vitória no ano contra eles, garantir os três pontos e continuar sonhando com a permanência na série A... Mas como tem acontecido nesse campeonato, o Vasco não fez o seu dever de casa e se afundou ainda mais na zona da degola.

O time fez uma péssima partida e saiu derrotado para um rival que está praticamente de férias no campeonato. Uma derrota que deixa o time com apenas 30 pontos e sendo preciso tirar uma desvantagem de cinco pontos em quinze que irá disputar.  O futebol demonstrado pela equipe na partida de ontem foi algo desanimador, um time sem sangue em campo, vários erros táticos, e com um ataque vergonhoso como tem sido em todo campeonato. 

O abatimento de Jorginho e Zinho no banco de reservas  (Foto: André Durão)
A luta contra o rebaixamento não acabou e, segundo os matemáticos, são necessários quatro vitórias em cinco partidas. Os jogos que faltam serão contra Palmeiras fora, Corinthians em casa, Joinville fora, Santos em casa e Coritiba fora. Uma pedreira atrás da outra e precisaremos mais do que nunca que os jogadores entendem a atual situação para não ocorrer uma partida tão atípica como a de ontem, em que os jogadores pareciam estar jogando uma pelada de final de ano, um jogo entre casados versus solteiros. 

A última posição na tabela é algo assustador e para evitar a terceira queda em apenas oito anos será preciso uma união entre torcida, jogadores e diretoria. A corrente do “Eu Escolhi Acreditar” não adianta ser feita apenas pela equipe do Marketing do clube e não acontecer nas arquibancadas. A diretoria precisa entender que o torcedor gosta de sua casa, São Januário, e voltar a ter mando no estádio. Outro fator é a entrega dos jogadores, nessa semana que antecedeu o clássico contra o Fluminense parecia que o time estava na ponta da tabela e um clima de descontração era nítido nos treinamentos e coletivas.

A verdade é que não mais sabemos aonde procurar a "luz no fim do túnel", pois parece-nos que ela se apagou para os Vascaínos.


Compartilhe isto

Posts Relacionados

2 comentários

Write comentários