Obrigada, Flamengo!

11:37:00
Gostaria de estar fazendo a retrospectiva de um ano brilhante para nós. No entanto, este ano conseguiu amargar até a minha queridíssima Stella. Se não há muito que falar sobre o nosso futebol, há muito menos para recordar. Farei, então, um agradecimento particular ao que recebi do Flamengo neste ano (Perdoem-me os que seguem a teoria de que “não ganho nada com isso”, mas, mais uma vez, irei ignorá-los). 

(FOTO: blogserflamengo.com)


Aos que não sabem, sonho em ser jornalista esportiva e, neste ano, pude cumprir mais dois semestres da minha faculdade de jornalismo e dar longos passos em direção. Pude comemorar a formatura de amigos do mesmo curso. Sonhos e realidades formados através da paixão pelo esporte e, principalmente, pelo Flamengo. 

Agradeço ao Flamengo pelos bons papos que me proporcionou em mesas de bar e por toda a cerveja consumida em jogos, apesar de ter tirado muito dinheiro do meu salário para isso. 

Agradeço ao Flamengo, principalmente, pelas oportunidades. Em um ano, tive a oportunidade e o prazer de dividir os meus dias com pessoas de todos os lugares, idades, jeitos e times. Há todo o tipo de história entre as pessoas que conheci e as que se conheceram graças ao time de coração. Há quem tenha feito amizade e quem tenha se apaixonado. Há os que começaram a namorar, os que casaram, os que construíram e vão construir famílias. Há os que se tornaram colegas de trabalho e os que planejam se tornar. 

Agradeço ao Flamengo por algumas pessoas em especial. Entre elas, as que me chamaram e dividem parte deste blog comigo. Além do prazer que é escrever sobre esporte, tenho o prazer de fazer parte de uma equipe de amigos. Muito obrigada Victor Gammaro, Victor Chaves, Mateus Barcelos e Sérgio Loureiro por se tornarem parte das melhores lembranças de 2015. Foi e continua sendo um prazer compartilhar tantas coisas com vocês! Obrigada Vai Que To Te Vendo! 

Se fosse só um jogo, eu nada teria para agradecer. Se não ganhássemos nada com isso, eu não teria nenhuma destas histórias para contar. Agradeço ao Flamengo por todas as coisas que valem muito mais que o dinheiro dos jogadores. Por essas e outras, que eu teria um desgosto profundo se faltasse o Flamengo no mundo. 

Eu agradeço, mas eu também cobro e faço desejos. Meu desejo, em nome da maior torcida do mundo, é que em 2016 nossos agradecimentos venham em formato de taças. 


Compartilhe isto

Posts Relacionados

1 comentários:

Write comentários