Liderança verde pós Palmeiras 3x1 Santa Cruz!

17:14:00


Palmeiras venceu o Santa Cruz na primeira partida entre agremiações dentre um hiato de 10 anos sem confrontos. O Verdão cada vez mais mostra querer propôr o jogo. Com troca de passes no campo ofensivo, a equipe faz da posse de bola, sua arma letal. Pois com o adversário encurralado, o Palestra quando acelera as jogadas, no mínimo arruma um lateral para que Moisés arremesse na área. Arremesso esse que funcionou mais uma vez, e deu origem ao primeiro gol da partida. Aos 28 minutos da etapa inicial, Moisés arremessou na área, Cleiton Xavier tentou a finalização, o goleiro defendeu e na rebarba, CX10 tocou para Dudu que estufou as redes. 1-0 e justiça no placar para a equipe que era agressiva no ataque, buscando a todo momento o gol, e furou um ferrolho montado pelo Santa.

No apagar das luzes do primeiro tempo, em cobrança de falta ensaiada entre Egídio (retornou a equipe com grande desempenho), Cleiton Xavier e Jean. O camisa 17 bateu meio mascado, mas foi o suficiente para marcar o segundo tento. 2-0 aos 47 minutos da etapa inicial. 

Veio o segundo tempo e o adversário passou a jogar ofensivamente, e aos 6 minutos Grafite, o Interminável, de cabeça marcou o que seria o gol de honra dos visitantes. Ok, o lance era complicado, mas o gol foi IRREGULAR, devido ao fato que havia impedimento do centroavante da equipe Pernambucana. 5 erro em 9 partidas, comprovam que a arbitragem para com o Palmeiras têm sido no mínimo, infeliz. Isso para não falar termo pesado, mas o torcedor sabe o sentimento de assalto que o líder do campeonato vem sofrendo. 
13 minutos mais tarde, o golpe de misericórdia veio, com uma grande jogada de Gabriel Jesus, que partiu em jogada veloz e deu passe para Dudu, que na pequena área deu um carrinho e marcou seu segundo gol na partida, terceiro do Palmeiras, sacramentando a vitória.

O Palmeiras sofreu dois sustos, incluindo bola na trave, e situações essas que originaram-se em bolas aéreas. Ainda vejo com muito temor esse aspecto. Único problema hoje, na melhor equipe do Brasileirão no momento. Mas assim como houve sustos, houveram chances para ampliar. Se a peleja terminasse 5-2 não seria nada anormal. Devido as chances criadas de parte a parte.

Liderança verde retornou, e não há muito o que comemorar, pois amanhã haverá partida, novamente no Allianz Parque, diante do América-MG que está na zona de rebaixamento. Os comandados de Cuca podem realizar mudanças devido ao desgaste físico, pois na intensidade que a equipe atua, o rodízio é necessário. E deve seguir assim. Em quais posições? Não sabemos, mas o que cremos é que num elenco com grandes opções, a qualidade deve se manter em um nível considerável. Que mantenhamos a liderança e o embalo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 x 1 SANTA CRUZ
Data: 18/06/2016 (sábado), às 16h (Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Público: 34.162
Renda: R$ 2.167.071,76
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA /GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Gols: Dudu, aos 28min, e Jean, aos 47min do 1º tempo; Grafite, aos 6min, e Dudu, aos 20min, do 2º tempo.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio; Tchê Tchê e Moisés (Thiago Santos); Dudu (Fabrício), Cleiton Xavier (Cristaldo) e Róger Guedes; Gabriel Jesus.
Treinador: Cuca.

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor (Mário Sérgio), Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, João Paulo (Wallyson) e Lelê (Daniel Costa); Arthur, Keno e Grafite.
Treinador: Milton Mendes.

#ForzaPalestra
SIGA NOSSA EQUIPE NO TWITTER @Palmeiras_VQTTV

Compartilhe isto

Posts Relacionados