O gol da esperança, o gol do Luan!

13:10:00
Vencemos da forma que nunca esperávamos vencer, com gol aos 50 do segundo tempo. Com um chute de fora da área com a perna ruim do craque do time, quem esperava algo assim ? Ninguém meus amigos, e isso foi o que me impressionou, um jogo onde o Grêmio dominou em 95% da partida, sendo ameaçado uma vez com uma bola na trave e outra com uma defesa do Bruno Grassi. Lógico o jogo muda após o jogador da Ponte Preta ser expulso. Mas muda de novo com às alterações do Roger. 

Foto: Correio do Povo

De novo o técnico Roger ao meu ver não leu bem o jogo, Douglas naquele momento não era o cara para sair, ao menos que fosse pela troca simples e com Lincoln na sua vaga, mas não Roger, optou por Bobô e perdeu um pouco o meio campo, a bola começou a passar rápido e sem aquela transição de meio para o ataque, tudo bem Douglas tava displicente, mas Ramiro deveria ter saído e não Douglas pelo 9. Tanto que depois ele corrige com Lincoln na vaga de Ramiro, mas ai o nosso garoto faz uma besteira e acaba sendo expulso e prejudicando a estrutura tática da equipe. 

Com a expulsão a Ponte parou só de defender e arriscou chutes, teve bola na trave e afins, mas o domínio era total do Grêmio, mesmo sem perigo de gol o tricolor encurralou o time de Campinas e Roger finalmente tirou Éverton e colocou o menino Batista aos 43 o que ao meu ver foi sacanagem, o famoso vai lá e me salva filhote, mas não é que como num milagre uma segunda bola sobrou no pé do Luan, e ai o descontrole foi formado aos 50, um gol fantástico do inferno ao céu, da frustração ao sucesso na patada do Luan, o gol de quem quer algo no campeonato, não perdemos pontos para Ponte Preta, vencemos, não convencemos, mas estamos no bolo e agora é sair e buscar pontos contra Fluminense e Chapecoense, é possível sonhar é possível imaginar um Grêmio lutando para ser campeão nacional.

Por: André Soledar

Compartilhe isto

Posts Relacionados