Uma vitória que ficou em segundo plano!

14:09:00


Torcedores apreendidos na briga do estádio Mané Garrincha. (Foto/Fonte: CorreioBraziliense.com.br)

Uma vitória positiva dentro de campo? Sem dúvida alguma. Poderia zoar muito os Flamenguistas hoje, com #UrubuDepenado #Depenou etc, mas não. Poderia falar da comissão de arbitragem de m*rd* da Confederação Horrorosa Brasileira de Futebol, que em três jogos garfou, roubou, esculachou, pisoteou na cara da Sociedade Esportiva Palmeiras, na qual o presidente Paulo Nobre, que não tem pulso firme, apenas formará uma reclamação mequetrefe, mas não.

Hoje sou obrigado a esquecer o futebol dentro das quatro linhas. Me perdoem, mas enquanto as pessoas de bem que não tiverem pulso firme, e não removerem as laranjas podres que sem enfiltram nas torcidas organizadas de quaisquer clubes brasileiros, seguiremos com a baderna, a balbúrdia, a pouca vergonha, canalhice e violência abrupta nos estádios de futebol, nas estações de metrô, nas praças públicas, shoppings,no meio das ruas...
O que mais me revolta é que eu vi ontem no twitter, uma pessoa que é membro da organizada Mancha Verde que escreveu o seguinte tweet:

"Somos da Mancha, 'dane-se' a sociedade. Não agradamos ninguém, nem queremos, apenas agradamos nossos membros."

"Isso Mesmo, Se 'ferra' aê mulambada."

Meu Deus, que mundo vivemos? As pessoas de bem que ralam para conseguir seu $$ e ir nas organizadas de forma justa, limpa e honesta, tem muito o meu respeito. As aplaudo de pé. Todavia aqueles que vão ao estádio com intuito de brigar e dependendo dos casos, com ingressos fornecidos via previlégios de dirigentes de futebol, visando celebrar a violência? Esses merecem ser banidos do ESPORTE. Porque não posso ficar conivente ao ver...rever...ver..rever 890 mil vezes isso, e ninguém fazer nada? Ah, mas em São Paulo os clássicos possuem apenas a torcida mandante, mas e adianta algo? Os marginais pseudotorcedores arrumam brigas em outros locais. Pulso firme do poder judiciário que é bom, nada né? Bundões, frouxos, maus profissionais, isso que são todos aqueles que investigam esses casos de violência no futebol, e ficam passivos diante de cenário nebuloso.

Prenderam cerca de 35 torcedores, mas e daí? Soltarão logo, e na próxima partida irão arrumar baderna. Eles não irão se comportar. E é bom que fique claro que meu repúdio vale para qualquer 'organizada', e não tenho medo de falar. Seria um ato acovardado de minha parte, fazer como a maioria das pessoas e pensar que não é comigo, é errado, e punições devem ser tomadas. Me ajuda aí né? Uma organizada tem afinidade com outra organizada, que ainda querem bater numa terceira torcida organizada, que é 'do lado contrário da força'? E não me venham com o argumento que a Mancha foi defender torcedor comum que levaria catiripapo. Violência não se resolve com mais violência. Como a origem do problema é da mente de baderneiros, excluam esses briguentos, prendam-os. Quero ver se quaisquer membros de organizadas do Brasil, serão machões ao cumprir detenção.

Que vergonha que tenho deste país chamado Brasil. Vergonha de um futebol brasileiro que definha em sua evolução de dentro e fora das quatro linhas, tenho vergonha de bandidos trajados de torcedores que arrumam briga. Podem eles argumentarem o que for, mas o seu histórico os condena, sendo passado ou presente. Torcedor de verdade torce, não briga.

E justo numa hora em que o Palmeiras está nas cabeças do Campeonato Brasileiro com um bom desempenho, tenho que deixar de lado a boa e justa vitória por 2x1 (Gabriel Jesus e Jean marcaram para o Verdão/ Alan Patrick descontou para o adversário), para falar de violência, de vandalismo. E eu me solidarizo com todas as pessoas de bem que quando querem ir ao estádio de futebol, querem ir para se divertir, torcer em família, mas que não migram aos estádios por medo considerável e com razão, para a violência. Me solidarizo também com o pai que carregou seu filho deficiente no colo, e acalmava seu filho, que em prantos sem entender o por quê de tanto caos mostrava pavor e desespero. Forza!

Se dentre cerca de 55 mil pessoas, 0,1% arrumam baderna e apavoram os outros 99,9% do estádio, é que algo está errado não acham?

Por fim, quero crer que a imagem de torcedores com camisas diferentes, lado a lado, prossiga, quero que a paz retorne, quero que o futebol moderno seja apaixonante, não assustador ao povo. Fico com a imagem de celebração entre torcidas ontem no estádio Mané Garrincha, e com a esperança , o verde da esperança, por um mundo melhor, por um futebol nacional melhor. #Paz

posted from Bloggeroid


Compartilhe isto

Posts Relacionados