Pós-Jogo: Internacional 0x1 Corinthians #DVD

19:50:00
Neste domingo o Corinthians visitou Porto Alegre/RS para enfrentar o Internacional.

Após dois empates consecutivos dentro de casa, os comandados de Cristóvão Borges jogaram por uma vitória fora de casa para, quem sabe, assumirem a liderança do campeonato ao fim da rodada.

E a vitória veio com gol de Elias, marcado ainda no primeiro tempo e mais 3 pontos foram somados na tabela.

Em uma partida que não encheu os olhos pela qualidade técnica, é justo dizer que o Corinthians jogou para o gasto e mereceu ficar com a vitória. Pouquíssimas chances criadas pelo time da casa e uma quantidade enorme de gols perdidos por Romero e Cia. no segundo tempo definiram o resultado.


LIDERANÇA?

Para os supersticiosos, a vitória desse domingo poderia ser um indício de que o Corinthians realmente brigará pelo título nacional mais uma vez.

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na temporada passada, que terminou com o hexacampeonato Brasileiro, a liderança foi alcançada justamente entre a décima sétima e décima oitava rodadas, após vitórias contra Atlético/MG e Sport.

Para que a liderança volte a pertencer ao Corinthians, o Botafogo precisa vencer o Palmeiras no Rio de Janeiro, coisa que no exato momento em que esse pós jogo é escrito, está acontecendo. (Início do segundo tempo, 2x0 Botafogo com 2 gols de Neílton.)


FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 31 de julho de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)
Cartões amarelos: Paulão e Ariel (Internacional); André e Yago (Corinthians)
Gols: CORINTHIANS: Elias, aos 41 minutos do primeiro tempo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Ernando, Paulão, Leandro Almeida e Artur; Anselmo (Jair), Fabinho, Seijas e Valdívia (Nico López); Vitinho (Eduardo Sasha) e Ariel
Técnico: Paulo Roberto Falcão

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Elias (Rodriguinho), Giovanni Augusto (Danilo) e Marquinhos Gabriel; Romero e André (Luciano)
Técnico: Cristóvão Borges






NOTAS

CÁSSIO – 7 
Pouco exigido.
Fagner – 8  
Mais uma ótima partida do atual melhor lateral do Brasil.  
Yago – 5  
Estabanado e as vezes perdido, mas ainda assim parte da defesa menos vazada do campeonato (DE NOVO) 
Balbuena – 7
Sempre firme, não deu brechas para Nico López no segundo tempo. 
Uendel – 6      
Sempre atacou melhor do que defendeu, mas agora tem subido muito pouco. Não foi mal, mas podia ser melhor.
Bruno Henrique – 6.5
Perdeu um gol incrível ao se recusar a chutar uma bola na pequena área. Regular.
Elias – 8
Não foi aquele Elias, mas mostrou faro de gol pra garantir os 3 pontos.
Giovanni Augusto – 5.5
Participou do gol, mas não é nem sombra o jogador perigoso que foi no primeiro semestre. 
Marquinhos Gabriel – 7.5
Castigou a defesa colorada com uma correria infernal, faltou o gol.
Romero – 5
Mais do mesmo.
André – 2  
Com esse cara não dá...   
Danilo – 4
Não fez nada.
Luciano – 3
Parece que desaprendeu a jogar bola mesmo, mas ainda assim é melhor que o André.
Rodriguinho – 4
Só ouvi o nome dele na hora da substituição.
Cristóvão Borges – 5
Pra variar mexeu mal, CADÊ O MARLONE PROFESSOR?
Pela vitória vai levar uma nota meia-boca.

 #PõeNoDVD
Equipe Corinthians: Twitter

Compartilhe isto

Publicitário formado, jogador de futebol frustrado. Consome boa música e cinema com a mesma disposição que consome cerveja em jogos do Corinthians. Um cara que acredita piamente que a criatividade pode ser mais importante que o conhecimento.

Posts Relacionados