A busca pelo G-4. Sonho ou Realidade?

19:06:00
Com um time apático dentro de campo, o Fluminense foi derrotado nesse domingo em Brasília. A equipe perdeu de 2 a 0 para Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro.  Os gols foram marcados por Dudu, aos 18 minutos, após falha de Diego Cavalieri e por Jean, aos 24, em uma bela finalização.  

Nas poucas vezes que chegou ao gol do Palmeiras, a equipe carioca parou no goleiro Jailson. Com esse resultado, o Fluminense ficou 7 pontos atrás do G-4, mas com um jogo a menos.

Defesa

A melhor defesa do campeonato não foi capaz de segurar o melhor ataque do campeonato. Cavalieri falhou no momento em que a equipe estava tentando se encontrar na partida e Gum fez uma partida para esquecer, sendo aterrorizado por Gabriel Jesus e companhia. 

Boa parte do problema defensivo nessa partida vem do setor de meio campo. Com a entrada de Marcos Júnior no lugar de Danilinho, perdemos um homem de meio e Douglas e Cícero ficaram muito expostos. O Palmeiras, com praticamente 5 jogadores flutuando pela intermediária tricolor, soube se aproveitar disso e saiu vitorioso.
Zagueiro Gum não teve uma tarde de ouro.

Substituições

Danilinho, que fez uma partida espetacular contra o Santa Cruz, começou o jogo no banco. No segundo tempo, vendo sua equipe perder de 2 a 0, Levir Culpi preferiu colocar Marquinho e Aquino na volta do intervalo. Claramente, as substituições não funcionaram. 

O primeiro chegou a perder a cabeça e discutir com o próprio companheiro de time, Wellington Silva. Já o argentino não deveria vestir nunca mais a camisa tricolor. Não criou nada, tentou dar carrinhos criminosos como se fosse uma demonstração de raça, andou em campo e mostrou não estar com preparo físico nem pra 45 minutos. 

Como nenhum dos dois resolveram, Danilinho entrou no final da partida. Mas já era tarde, estava consolidada a vitória palmeirense.

Cartões amarelos

Independente do comportamento do juiz da partida, o Fluminense exagerou no número de faltas. Tal fato fica explícito no número de cartões amarelos(7), sendo dois para jogadores que vieram do banco. Como consequência, Gum está suspenso da próxima partida pelo Brasileirão contra o Figueirense, com mando tricolor.

Mando de campo

A diretoria tricolor vendeu o mando da partida contra o Palmeiras, o que acabou tirando o jogo do caldeirão tricolor, na Baixada Fluminense. Era uma partida fundamental, contra o líder do campeonato, na qual não tivemos apoio da torcida e maioria alviverde no Estádio Nacional, em Brasília. Lamentável!
Uma das festas da torcida tricolor esse ano em Edson Passos.

Agora é mata-mata

Quarta feira, o Fluminense enfrenta o Corinthians, no Giulite Coutinho, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O campeão da competição se classifica diretamente para a Libertadores. 

As duas equipes vêm de derrota, mas o time tricolor tem que demonstrar sua superioridade em casa e fazer valer o real mando de campo ao lado de sua torcida apaixonada. Afinal, é um jogo de 180 minutos, que começa no Rio de Janeiro e acaba em São Paulo. 

Equipe Fluminense: Twitter 
por Vinícius Veloso

Compartilhe isto

Posts Relacionados