Basquete Olímpico: COMEÇOU! - Resumo do #DIA1

18:08:00
RESUMO #DIA1

Enfim começou o torneio olímpico de Basquete para a alegria dos fãs da bola laranja. E o Vai que Tô Te Vendo trará tudo que acontecer nas quadras do Rio de Janeiro em uma cobertura exclusiva!

Para começar, um resumo sobre o primeiro dia de competição que aconteceu ontem, dia 6/8.

Australia 87 x 66 França

Na Partida que marcou o início do torneio olímpico de basquete, um confronto entre duas equipes com atletas bem estabelecidos nos principais campeonatos do mundo, inclusive na NBA. A equipe francesa amplamente favorita no confronto, abusou dos turnovers, falhas graves na transição defensiva e sobrecarregou Tony Paker, que aproximou o placar no segundo quarto, mas não foi o bastante para uma reação francesa apesar dos seus 18 pontos na partida.

Patric Mills foi o destaque da partida (REUTERS)
Os australianos por sua vez fizeram uma partida eficiente em todos os aspectos, indo muito além do que apresentaram no amistoso contra o Brasil. Dominaram nos rebotes capitaneados Baynes e Bogut, além de grande atuação do sempre regular Patty Mills, cestinha da partida com 21 pontos. A surpresa ficou por conta das 10 assistências do contestado Dellavedova. Expressiva vitória Australiana no coletivo sobre o individualismo francês, mas que ainda é um dos favoritos à medalha neste torneio olímpico. 

Na sequência da competição a Austrália enfrenta a Sérvia, outra parada duríssima. Já a França tenta se recuperar contra a fraca China, ambos os jogos na segunda-feira.

ESTADOS UNIDOS 119 X 62 CHINA

O que se viu em quadra foi tudo o que a seleção americana promete nessa Olimpíada: pressão na defesa, caminho fechado para o aro e velocidade nos contra-ataques. DeMar DeRozan, Paul George, DeMarcus Cousins e DeAndre Jordan, especialmente, fizeram a festa nas enterradas.

Kevin Durant comandou o show Americano (REUTERS)

Kevin Durant foi o grande destaque da partida. O astro americano, que acaba de se transferir do Oklahoma City Thunder para o Golden State Warriors, brilhou nos arremessos de três pontos, deixou a quadra com 25 pontos e foi o cestinha do jogo.

O próximo jogo dos Estados Unidos será na segunda-feira, contra a Venezuela, novamente às 19h na Arena Carioca 1. No mesmo dia, às 22h30, a China enfrenta a França.

Em breve o resumo do segundo dia de competição e a classificação completa. Fiquem ligados!

(Colaborou para elaboração desta matéria o amigo Henrique Munhoz)


Especial Rio2016: Twitter | Facebook

Compartilhe isto

Publicitário formado, jogador de futebol frustrado. Consome boa música e cinema com a mesma disposição que consome cerveja em jogos do Corinthians. Um cara que acredita piamente que a criatividade pode ser mais importante que o conhecimento.

Posts Relacionados