Coloca na conta do Roth

17:05:00
Hoje venho única e exclusivamente falar sobre as ideias de jogo desse senhor, que atende pelo nome de Celso Roth. Pois a crise já esta instaurada a muito tempo, e os culpados todos nós sabemos que estão no poder do clube atualmente, então me limito a falar apenas do comandante atual da equipe.

Confesso que num primeiro momento achei interessante a contratação de um técnico com o estilo linha dura”, o típico cara pra chegar chutando a porta do vestiário, visando remobilizar a equipe em uma situação completamente adversa. Ele chegaria para arrumar a “casinha”, buscando concertar o sistema defensivo em primeiro lugar, como lhe é peculiar. Após consolidar a defesa, ele buscaria as melhores soluções para a parte ofensiva da equipe, pois bem, até o momento eu estou completamente enganado.

Foto:Divulgação/Internacional(Celso Roth errou na formatação da equipe)

Celso Roth é o típico técnico ultrapassado, com ideias de jogo retrógradas. Adepto do bom e velho volante para solucionar qualquer problema. Na entrevista pós jogo inclusive deixou claro que esse é o seu estilo de jogo, e não concorda com a teoria que diz “a melhor defesa é o ataque”.

Meu caro Celso Juarez Roth, você pode e deve implementar o seu estilo, mas é necessário ao menos ter a leitura do jogo. A partida de ontem se desenhava completamente para nós, o gol de Seijas logo no início deixou a situação bem encaminhada. O adversário estava nervoso, principalmente por que a torcida não perdoava os erros constantes dos donos da casa, era a oportunidade de buscar o segundo gol em um contra ataque e liquidar a fatura, mas a sucessão de erros não permitiram que isso se concretizasse. 

A primeira substituição já mostra o equivoco de pensamento, Roth retira Eduardo Sasha, que pela pouca efetividade que vem demonstrando não poderia sequer estar jogando, principalmente na função de último homem de ataque, onde não acrescenta em absolutamente nada. Para o lugar dele vem o “Brucutu” Ariel, com a alegação de que daria retenção de bola na frente, sendo que tudo o que ele não lhe dá é justamente isso, pois maltrata a bola de uma forma poucas vezes vista antes.

No lance posterior a sua entrada, eis que surge a bola que todo atacante pede a Deus, o zagueiro erra e a bola sobra para Ariel, que fica com a área livre a sua frente, invade e finaliza de forma bisonha, recuando para o goleiro Magrão. Culpado também é quem coloca um jogador que já mostrou ter inimizade com a pelota, preterindo a grande contratação da temporada, que foi o Uruguaio Nico López. Da situação desse falarei mais a frente.

O tempo passava, e cada vez menos o Inter conseguia explorar os contra ataques, pois Ariel era completamente nulo, e Valdívia de atuação apagada já estava cansado. Os colorados já não queriam ver, pois tudo se encaminhava para a velho filme de terror, a equipe abdica do jogo, e acaba pressionada até levar o gol no fim. Eis que surge a última cartada, Fernando Bob é chamado, de inicio para entrar no lugar de Valdívia, porém William acusa uma lesão, e acaba sendo o escolhido para dar lugar ao volante Bob (Figura tão apreciada pelo comandante colorado).

O Sport passa a ocupar cada vez mais o campo do Inter, que se segura como pode. Mas já nos minutos finais, precisamente ao 44 minutos, eis que Fernando Bob mostra para que veio, cometendo uma falta completamente sem necessidade, dando a chance de alçarem a bola na nossa área. E o que todos temiam novamente aconteceu, ocorre o cruzamento, e a bola sobra para Vinícius Araújo deixar tudo igual, dando números finais ao jogo.   

E mais uma vez a vitória escapa, agora são 14 jogos sem vencer, e o pior cenário possível até o momento. Agora estamos na zona de rebaixamento com 24 pontos na 17° posição, situação em que não temos a minima intimidade, e não podemos admitir que um clube gigante como o nosso inter se afunde cada vez mais.

Agora vamos falar da maior aquisição para essa temporada, o atacante Uruguaio Nico López. A direção fez de tudo para finalizar a contratação dele, conseguindo êxito somente nas últimas horas antes do fechamento da janela, para agora ele ser a última opção do ataque. Boatos dão conta que ele é descompromissado e está devendo tecnicamente nos treinos, espera um pouco, eles não vão aplicar essa história no torcedor. Lá contra o Corinthians quando estreou entrando no segundo tempo, Nico deixou claro que era diferente, precisa somente de sequência de jogos. Fontes que acompanham os treinos relatam que ele não faz menos que nenhum outro jogador, e está longe de mostrar indiferença para sua situação, tendo inclusive marcado  o gol da equipe reserva na vitória por 1 a 0 sobre os titulares no treino de sexta. É isso mesmo, o time titular não vence nem em treino!

Foto/divulgação: Espn(Nico López em sua apresentação).

Não é possível que o treinador prefira Ariel, esse sim não enfrente crise técnica, afinal não possui técnica alguma. Ou então, Eduardo Sasha, que também não atribui nada tecnicamente ao time titular faz muito tempo. Então pode colocar tudo isso na conta do Roth, que continua sendo o mesmo senhor teimoso de sempre. Vamos pedir Nico López na equipe titular pra ontem, deêm a ele 5 jogos consecutivos e ele fará muito mais que os jogadores que estão à sua frente no momento. PORTANTO QUARTA DIANTE DO FORTALEZA, SE O NICO LÓPEZ NÃO ESTIVER EM CAMPO, GRITAREMOS O NOME DELE! 
Equipe Internacional: Twitter|Facebook   
por Vinícius Silveira

Compartilhe isto

Posts Relacionados