Chegou a hora de vencer

07:20:00
Os treinos dessa semana indicam que o técnico Celso Roth ainda não tem a convicção de um time ideal, foram muitas alterações de esquemas e também de jogadores. A formação que parece ser definitiva para o jogo de amanhã, indica o lateral William improvisado no meio campo, enquanto Ceará que teve boa atuação diante do São Paulo permanecerá na lateral direita. A provável equipe que deve ir a campo, será composta por: Danilo Fernandes, Ceará, Paulão, Ernando, Arthur, Rodrigo Dourado, Fabinho, Seijas, William, Valdívia e Eduardo Sasha. 

Confesso que preferia o William atuando pela lateral direita, afinal, ali ele está entre os melhores do Brasil na posição. A improvisação que poderia ser testada, seria a inversão de Ceará para o lado esquerdo no lugar de Arthur, pois o mesmo se mostra bastante inseguro, sendo facilmente envolvido em triangulações, deixando assim o lado esquerdo da defesa bastante vulnerável. 

Foto/divulgação:Internacional (Celso Roth orienta a equipe no último treino antes do embarque).


Uma definição que me deixa bastante preocupado, diz respeito ao aproveitamento de Nico López, que foi a grande contratação para essa temporada. O jogador Uruguaio aparece como a última alternativa para o ataque, ficando atrás de Sasha, Vitinho e Ariel. Sendo que em todas as oportunidades que teve, demonstrou ser um jogador de muita qualidade, que precisa ter uma sequência de jogos.

O eminente aproveitamento de Eduardo Sasha como o jogador de referência assusta, já que ele sempre se notabilizou por ser um jogador voluntarioso, que cumpre um papel tático importante para a equipe, aberto pelo lado direito viveu um bom momento no Inter de Aguirre em 2015. Em 2014 quando voltou de empréstimo do Goiás, mostrou que havia evoluído muito em sua passagem pelo clube esmeraldino, pois foi um dos grandes destaques daquela equipe que terminou o Campeonato Brasileiro na 3° colocação. Mas atuando como atacante isolado demonstra dificuldades, então nesse momento onde o inter vive uma grande crise anímica e técnica, o correto seria tirá-lo da equipe titular, pois ele é um dos expoentes desse mal momento.

Porém agora nos resta aguardar pela partida de amanhã, com a indagação de que será que vai dar certo? Colocaremos um ponto final nessa sequência sem vitórias?  Domingo, às  18h30, na Arena Pernambuco, em Recife, ficaremos sabendo se as experimentações surtirão efeito. 

Equipe Internacional: Twitter | Facebook

Compartilhe isto

Posts Relacionados