Seria dependência de Gabriel Jesus e Fernando Prass?

14:29:00

Depois da saída de Gabriel Jesus e Fernando Prass, para servirem a seleção brasileira olímpica, o Palmeiras não sabe o que é vencer, foram duas derrotas e um empate, seria a dependência de Gabriel Jesus e de Fernando Prass(?), tomamos cincos(5) gols em três(3) jogos e só fizemos dois(2). Difícil falar, e ao mesmo tempo é mais fácil falar depois dos resultados e, principalmente, depois da atuação do time nesses três jogos.

Vamos analisar alguns jogos antes, onde, mesmo o Palmeiras conseguindo vitórias... Alguns jogadores já estavam bem abaixo do rendimento, vou citar alguns: Róger Guedes, Dudu, Cleiton Xavier e Erik, jogadores sabidos com muita qualidade e que parecem estar desanimados, (excluo dessa Érik, que vontade tem, falta qualidade) sem vontade, Gabriel Jesus mesmo quando não esta em um bom dia consegue fazer a diferença, parece contagiar os demais jogadores e levam o time pra frente. É notório que depois da visita do representante do Barcelona para olhar um pouco melhor o jogador Gabriel Jesus, Róger Guedes, que nesse jogo fez a sua melhor partida pelo Palmeiras, caiu de rendimento, e segundo informações, o jogador foi sondado para deixar o clube, mas as negociações não prosseguiram.

Já no caso do Dudu (no final do ano passado também foi sondado para deixar o clube), o jogador parece não estar muito satisfeito por ter passado alguns jogos no banco de reservas, mas foi justamente por não estar jogando nada que ele foi par no banco, e sempre que entra, não consegue ser aquele jogador decisivo, que pega a bola e parte pra cima do adversário. Bom, Cleiton Xavier, esse veio de férias, nada mais a falar, não sabemos muito dos bastidores, mas ficamos preocupados com essa queda de rendimento. 

Falando da falta que faz o goleiro Fernando Prass, e como faz falta em, mas até nessa parte estamos ficando preocupados, porque eu mesmo já falei que de goleiros estávamos bem servidos, e quem me acompanha sabe que já falei também que o goleiro Jailson deveria ser o substituto imediato de Fernando Prass, mas quem manda é o técnico, e ele deu a preferência pelo goleiro Vagner, antes desse jogo contra a Chapecoense, a falha cometida no pênalti contra o Botafogo no Rio de Janeiro, já havia sido decisiva para o resultado final, porque momentos antes do pênalti, o Palmeiras era todo pressão e já merecia o gol de empate, e afirmo que sairia, só que o pênalti cometido pelo goleiro Vagner acabou com as chances do time, e ontem a situação do goleiro ficou ainda pior, cometeu uma falha grotesca no momento que o Palmeiras era muito superior a Chapecoense, o gol sofrido abalou o grupo que se perdeu completamente em campo. Não vou falar dos gols,(vou sim) já que para muitos da mídia os dois foram irregulares. NA MINHA OPINIÃO NÃO, SÓ O DA CHAPECOENSE FOI IRREGULAR. O que precisamos, ou melhor, o que o Cuca precisa, é rever alguns conceitos e algumas opções, vimos que ontem ele já fez diferente, usando Barrios e Allione, o que deu ao time mais qualidade e mais vontade, e tem que continuar assim, tem que colocar quem quer jogar e ajudar o time. Vamos jogar em casa domingo, com o Allianz cheio, como sempre, e precisamos muito de uma boa vitória, não pelo título simbólico da primeira fase, mas para a moral do grupo.

Forte abraço.
Claudio Ricci
Equipe Palmeiras: Twitter 

Compartilhe isto

Um Palmeirense, apaixonado pela vida, pelos amigos e principalmente pela família!

Posts Relacionados