Sim, é possível!

22:12:00
Slogan da campanha de Barack Obama, nos EUA, se aplica para o Fla avançar amanhã na Sul-Americana

Amanhã, em Cariacica, o Flamengo entrará em campo visando reverter uma desvantagem grande (perdeu por 4-2 na ida) para avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Vencer um Figueirense que, além de estar em ascensão após a saída de Argel, virá retrancado não será fácil, mas o Flamengo já conseguiu reverter situações parecidas em mata-mata anteriores. Veja a lista abaixo:


Campeonato Brasileiro 1980- Flamengo x Atlético-MG (0x1 e 3x2)


Pela final do Campeonato Brasileiro de 1980, Flamengo e Atlético-MG se enfrentaram. Após perder a partida de ida da final do Brasileirão por 1 a 0, o Flamengo recebeu o Galo de Reinaldo em um Maracanã com mais de 154 mil torcedores. O personagem ruim da partida foi o árbitro paulista José de Assis Aragão que expulsou três atleticanos, gerando revolta completa dos mineiros. Com todas as dificuldades de uma final do Brasileiro (a primeira do Rubro-Negro) a equipe comandada por Zico encontrou um Reinaldo endiabrado do outro lado, o atacante marcou os dois gols do Galo antes de também ser expulso, mas Nunes em um lance de extrema genialidade, deu o primeiro Brasileirão do Mais Querido.

Campeonato Brasileiro 1983- Flamengo x Santos (1x2 e 3x0)


Pela final do Brasileirão de 1983, Flamengo e Santos se enfrentaram. Após conquistar o bicampeonato brasileiro no ano anterior, o Flamengo chegava a mais uma final do Brasileirão. Dessa vez o adversário era o Peixe de Paulo Isidoro, e após perder a primeira partida por 2 a 1, o clube carioca contou com o Maracanã recebendo o maior público da história do Campeonato Brasileiro (155.523 torcedores) e com um dia mágico de Adílio para reverter o placar e conquistar o tricampeonato de maneira mágica.

Copa do Brasil 1993- Flamengo x Paysandu (2x3 e 3x0)


Pelas oitavas de final da Copa do Brasil 1993, o Mais Querido enfrentou o Papão. Após perder a partida de ida no Bienão, em Belém (PA), por 3 a 2, o Flamengo foi até o estádio Caio Martins querendo a classificação para as quartas de final da competição nacional. A dificuldade apresentada na partida de ida, foi inexistente na partida de volta: Nélio, Wilson Gottardo e Nilson marcaram os gols do Mais Querido. Nem tudo foi tranquilo, pois Marcelinho Carioca foi expulso e desfalcou a equipe na primeira partida da semifinal contra o Londrina (PR).

Copa do Brasil 1996- Flamengo x Internacional (2x3 e 3x1)


Pelas quartas de final da Copa do Brasil em 1996, Flamengo e Inter fizeram um grande confronto. Na partida de ida, a equipe comandada por Nelsinho Baptista venceu por 3 a 2, com show de Leandro Machado. No Maracanã, Romário comandou a reversão de placar para a equipe carioca que era comandada por Joel Santana. O Mais Querido abriu 3 a 0 com Nélio, Sávio e Romário, o Inter diminuiu com Márcio mas já era tarde, e o Mengão avançou para as quartas da competição.

Copa do Brasil 1997- Flamengo x Rio Branco-AC (1x2 e 5x1)


Pela segunda fase da Copa do Brasil 1997, Flamengo e Rio Branco se enfrentaram na capital acreana, e o alvirrubro se deu bem, vencendo por 2 a 1. Mas no Maraca, a situação foi diferente: o rubro-negro passeou em mais uma noite inspirada do baixinho Romário. Com dois gols, o atacante comandou a goleada por 5 a 1 que garantiu a classificação para as quartas de final da competição. Evandro, Bruno Quadros e Marco Aurélio Jacozinho completaram o placar para o Fla e Papelim descontou para os visitantes.

Copa do Brasil 2003- Flamengo x Ceará (0x1 e 1x0- 4x3 pen)


Pela segunda da fase da Copa do Brasil 2003, o Flamengo foi até o Castelão e saiu derrotado de lá, 1 a 0 para o "Vovô". No jogo da volta, no Maracanã, a equipe comandada por Nelsinho Baptista devolveu o placar, gol de Zé Carlos, e a partida foi para os pênaltis. Nas cobranças, Fernando Baiano, Fernando, Felipe e André Bahia marcaram para o Mais Querido, garantindo a classificação.

Copa do Brasil 2013- Flamengo x Cruzeiro (1x2 e 1x0)

Pelas quartas de final da Copa do Brasil 2013, o Flamengo enfrentou o líder do Brasileirão. No Mineirão, a Raposa abriu 2 a 0, mas Carlos Eduardo marcou o gol que deu uma esperança enorme para os rubro-negros. No Maracanã, com mais de 50 mil pessoas, o Mengo sofreu para furar a retranca celeste, até que aos 43 minutos da segunda etapa, Elias marcou o gol que explodiu o Maraca e o Brasil inteiro, garantindo a classificação.

Copa do Brasil 2014- Flamengo x Coritiba (0x3 e 3x0- 3x2 pen)

Pelas oitavas de final da Copa do Brasil 2014, o Flamengo foi até Curitiba, com time alternativo, e perdeu por 3 a 0. Muito criticado, Vanderlei Luxemburgo colocou a força máxima na partida da volta, buscando o "milagre" no Maracanã. E ele veio: Com gols de Alecsandro (2) e Eduardo da Silva, o Mais Querido devolveu o resultado adverso e levou a disputa para os pênaltis. Nas cobranças, Paulo Victor brilhou e Chicão, Eduardo da Silva e Héctor Canteros garantiram o rubro-negro nas quartas de final.

Copa do Brasil 2016- Flamengo x Confiança-SE (0x1 e 3x0)

Pela primeira fase da Copa do Brasil 2016, o Flamengo foi até o Amigão em Sergipe enfrentar o Confiança, da série D, e mesmo perdendo muitas chances e tendo um jogador a mais por 80 minutos, o Mais Querido foi derrotado por 1 a 0. No jogo da volta em Volta Redonda, a partida foi mais fácil: Mancuello e Marcelo Cirino (2) marcaram na boa vitória por 3 a 0, que garantiu o Fla na segunda fase da competição.


Compartilhe isto

Posts Relacionados