Vitória incontestável

22:19:00
Que estreia! Damião jogou muito e abriu o placar na vitória (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Na manhã desse domingo, o Flamengo foi até o Mané Garrincha enfrentar o Grêmio em duelo direto por uma vaga no G-4 e pela perseguição ao líder Palmeiras. A partida marcou a estreia de Diego, principal contratação no ano, com o Manto Sagrado. Para essa partida, Zé Ricardo mandou a campo o seguinte time: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Gabriel, Éverton e Leandro Damião. A formação, com Gabriel no lugar de Mancuello, gerou reação negativa entre os torcedores. Porém, Zé Ricardo mostrou, mais uma vez, saber o que faz.


A partida começou equilibrada, com o Flamengo tendo mais a bola mas não conseguindo levar perigo ao gol gaúcho, nos dez minutos iniciais. Aos 11', o show de Leandro Damião e companhia começou: Pará recebeu de Damião e tentou cruzar mas a bola foi no travessão, aos 14' Damião recebeu de Diego e chutou forte pela rede do lado de fora. Aos 19' o atacante finalizou mais uma para fora, e aos 24' e 26' ocorreram dois belos lances: primeiro, Damião emendou um voleio maravilhoso e Grohe fez um milagre, no lance seguinte Rafael Vaz emendou um belo voleio também mas a bola foi para fora. 



Aos 27', Cuéllar recebeu na intermediária e arriscou uma pancada forçando mais uma bela defesa de Marcelo Grohe. Como diz o ditado: "água mole em pedro dura, tanto bate até que fura". E furou, aos 29', Diego cobrou escanteio, Vaz desviou e Réver chutou mas a bola foi no braço aberto de Geromel, penalidade bem marcada (no mesmo momento em que o juiz apitava o pênalti, Damião marcava o gol mais bonito do campeonato, de bicicleta): Leandro Damião foi para a cobrança e abriu o placar, Flamengo 1 a 0 com extrema justiça. Depois do gol, o Grêmio partiu para cima mas esbarrou na boa recomposição defensiva do rubro-negro que quase ampliou aos 42': Damião tirou Wallace da jogada e serviu Éverton que saiu na cara do gol. O atacante bateu certo, no canto oposto de Grohe, mas o goleiro do Tricolor operou um milagre. E a primeira etapa que deveria terminar 3 a 0, terminou somente 1 a 0 para o Mais Querido.



Na segunda etapa, Roger mudou o time e o Grêmio deu uma melhorada. Porém, só levou perigo duas vezes, aos 13' e 14': na primeira, Pará tirou a bola de Bolaños na hora do chute do gremista, e no minuto seguinte Geromel chutou forte e Muralha salvou. Um pouco antes, Damião saiu para entrar Vizeu e o jovem atacante, se não foi brilhante, ajudou bastante a equipe. Aos 24', Pará cruzou na cabeça de Diego e o meia marcou o primeiro gol com o Manto Sagrado, coroando sua boa estreia, Fla 2 a 0. Só que o que deveria se transformar em uma partida mais tranquila, não durou um minuto. Aos 25', após bate-rebate na área rubro-negra e falha de Réver, Henrique Almeida diminuiu, Fla 2 a 1. O Grêmio ensaiou uma pressão mas a equipe de Zé Ricardo soube administrar bem o resultado e venceu com autoridade, pulando para a 3ª posição e confirmando que lutará sim pelo título. 



A próxima partida é contra o Figueirense pela Copa Sul-Americana, na quarta-feira (24) às 21h45min no Orlando Scarpelli. Zé Ricardo deve mandar um time, no mínimo, mesclado.



Notas dos jogadores e técnico do Flamengo



Alex Muralha- 7

Pará- 9
Réver- 6,5
Rafael Vaz- 7
Jorge- 7,5
Márcio Araújo- 6
Gustavo Cuéllar- 6,5
Gabriel- 7 
Diego- 8
Éverton- 7,5
Leandro Damião- 9,5
Alan Patrick- 6,5
Federico Mancuello- 7
Felipe Vizeu- 6,5
Zé Ricardo- 9


Saudações Rubro-Negras.

Equipe Flamengo: Twitter 

Compartilhe isto

Posts Relacionados