Na Arquibancada - Galo x Internacional

14:13:00



Fala CAMbada, beleza!

Não tenho palavras para descrever o que foi torcer no meio da Galoucura essa última partida contra o Internacional. Que festa sensacional! Quem me conhece sabe que não tenho o hábito de entrar no estádio com muita antecedência, já que curto ficar nos arredores do Indepa vendo as figuras que sempre dão um show a parte nesse evento que sempre para Belo Horizonte.

Contudo, sei lá o que deu na minha cabeça, caí pra dentro faltando uns 30 minutos pra começar a partida ainda e olha, que sorte a minha ter feito isso neste jogo! Faltando uns 15 minutos para a pelota dar o primeiro giro no gramado, ao estilo Newell's Old Boys na semi-final da Liberta de 2013, as luzes se apagaram no Cemitério e ficamos todos no escuro. Deu-se aí uma das festas mais bonitas que já presenciei em um jogo do Galo. A torcida, que ha muito já entoava canções de guerra para a partida, intensificou a cantoria e deu a um espetáculo que só a massa atleticana é capaz de proporcionar. (Assistam abaixo o vídeo do jogo!)



Tão logo as luzes se acendeream, a massa apresentou o mosaico preparado para essa partida revelando uma frase que significa muito o momento que temos passado em nossa torcida: "UNIDOS POR UM IDEAL". Não sei quem idealizou essa parada, mas tiro o chapéu para esse indivíduo.

Há tempos temos convivido com uma nova parte da torcida que insiste em criticar jogadores, comissão técnica e diretoria sem antes exercer o principal papel de um torcedor: TORCER! A frase do mosaico diz muito sobre isso. Não podemos deixar de apoiar esse time um só minuto... e não digo apoiar apenas nas arquibancadas, mas também em butecos, restaurantes, sozinho na sala de casa, grupos de whatsapp, twitter... cada vez que apoiamos uma cornetada ao time, estamos alimentando um tipo de "torcedor" que quer apenas criticar por criticar... encher o saco mesmo! 



Durante a semana, quando o Galo perdia por 2x0 para a macaca e precisava de dois gols para conseguir a classificação (êta placarzinho que sofre com essa nossa mania de fazer o impossível), o que mais se via nesses meios eram cornetadas no Marcelo Oliveira, Carlinhos Nevez, Victor, Pratto... mas, sempre que via uma, me fechava e focava todos meus pensamentos na melhora do time em campo e nos gols que eram necessários para a virada. Não sou cego, sei ver quando um jogador está mal ou um esquema tático não está encaixado com os atletas em campo... mas sou torcedor meu chegado e, antes que o juiz apite o final do jogo, acredito 100% que o Galo terá força para conseguir o resultado. Não deu outra... galo empatou e buscamos na raça mais uma classificação. A zoação foi tamanha que um corneta que administrava um grupo do galo no whatsapp me excluiu por mandar aúdios do tipo "CHUPA CORNETAS"... hahahahahhahaa

Fonte: Atlético

Domingo, no Horto, pude presenciar mais uma vez a grande diferença entre torcer e cornetar. Velho, o cuitado do Victor estava errando quase todos os chutões e reposições de bola! Sabe aquele dia que nada dá certo... pois é, o Santo estava em um desses. Ainda sim, o cara operou seus milagres tanto no primeiro, quanto no segundo tempo fechando nosso gol sempre que necessário. Pois bem, no segundo tempo saí do meio da Galoucura pois um amigo meu queria assistir o segundo tempo mais para o lado do portão 6 e lá tinham uma meia dúzia de cornetas que, a cada erro do Victor, soltavam frases do tipo "o Victor já deu o que tinha que dar", "Obrigado e thau", "Tá precisando comer banco"... e outras coisas do tipo. E eu me segurando para não brigar com os caras. Pois foi meu brother sair mais cedo para buscar sua filha que não pensei duas vezes e corri para o meio da Galoucura novamente... por lá a parada era MUITO DIFERENTE. Quando o Victor errava na saída de bola, a galera batia palma e soltava um sonoro "PUTA QUE PARIU, É O MELHOR GOLEIRO DO BRASIL, VICTOR!", e quando ele acertava os chutões, comemorava como se fosse um gol.

É o que sempre digo, nós torcedores temos uma escolha simples para fazer: Criticar o erro do jogador em campo ou torcer muito para o cara, incentivando-o a melhorar na partida. É apenas uma questão de escolha.

Mudando de assunto, queria deixar aqui meu muito obrigado a diretoria do Galo por ter tornado os ingressos para o jogo do Galo mais acessívei à massa atleticana. Tenho certeza que essa torcida tem a força para, nessas ultimas rodadas, dar o gás necessário para que nosso time busque essa taça tão desejada.

No mais galera, nos vemos no Mineirão!
#AquiéGalo e #EuAcredito Sempre!

Me siga lá no twitter: @contato_almeida
Equipe Atlético/MG - Twitter | Facebook

Compartilhe isto

Posts Relacionados