No sufoco, Londrina vence Joinville no Café

20:59:00
Salve Nação Alviceleste!
O Londrina recebeu o Joinville no Estádio do Ca, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e venceu por 1x0, gol de Zé Rafael. Jogo que testou o coração e a paciência da torcida, mesmo com 2 jogadores a mais, o Alviceleste perdeu muitas chances, sofreu pressão no fim do jogo, mas venceu e colou ainda mais no G4.

Com o resultado o Londrina chegou a 37 pontos, mesma pontuação do CRB, atual quarto colocado. Na próxima rodada, vai até Curitiba, enfrentar o Paraná Clube, no sábado, às 16h. Já o Joinville permanece com 22 e agora é o vice-lanterna da competição. Na próxima rodada, a equipe catarinense recebe o Tupi, no duelo dos desesperados. A partida acontece um dia antes, às 19h15.

O Jogo
 
Devido a grande quantidade de chuva que caiu na cidade de Londrina, a primeira etapa começou com muitos erros de ambas as equipes, com o campo encharcado ficava difícil alguém criar algum lance de perigo. A primeira chance foi do Londrina aos 22 minutos, Zé Rafael invadiu a área e chutou rasteiro para boa defesa de Samuel Pires que jogou para escanteio. Na cobrança de Rondinelly, Keirrison subiu no primeiro pau e testou firme para nova grande defesa do arqueiro catarinense.

Aos 35 minutos, mais uma chance com Keirrison, após cruzamento pela direita o artilheiro do Londrina nessa série B subiu e cabeceou forte para nova defesa de Samuel Pires, o Joinville armou ótimo contra-ataque, porém a finalização foi muito longe do gol. Aos 40 minutos, Keirrison sairia na cara do gol, mas foi puxado por Fabiano Eller, falta e cartão vermelho para o zagueiro da equipe catarinense, na cobrança da falta, Paulinho chutou pra fora. O gramado pesado prejudicou as duas equipes que não conseguiram marcar na primeira etapa.

Zé Rafael (esq.) teve ótima atuação e marcou o gol da vitória do Londrina - Foto: Wellington Ferrugem na partida LEC x Criciúma)
A segunda etapa começou com o Londrina pressionando, logo aos 5 minutos Zé Rafael cobrou falta que passou tirando tinta da trave, um minuto mais tarde o mesmo Zé fez ótima jogada e chutou forte para marcar um golaço e abrir o placar no Estádio do Café, aos 10 minutos o meia apareceu de novo e ia marcando outro golaço, mas a zaga desviou para escanteio.

O Londrina diminuiu o ritmo e por pouco não foi castigado, com 2 jogadores a menos, Everton Silva foi expulso aos 37 minutos após agressão ao volante França, o Joinville quase marcou no final do jogo, aos 45 minutos Bruno Ribeiro saiu livre na frente de Marcelo Rangel, o goleiro fechou o ângulo e fez grande defesa, no rebote o mesmo Bruno tentou o lance por cobertura e acertou o travessão, o Alviceleste armou o contra-ataque e poderia matar o jogo, porém mesmo com 4 jogadores contra 1 do JEC desperdiçou a chance, aos 48 minutos Naldo finalizou a queima-roupa e Marcelo Rangel fez brilhante defesa, um verdadeiro milagre, porém o auxiliar já marcava impedimento. Para alívio do Londrina o árbitro apitou o fim do jogo. Londrina 1x0 Joinville.
Outro que teve destaque (como sempre) foi o goleiro Marcelo Rangel, responsável por grandes defesas. Foto: Wellington Ferrugem na partida LEC x Criciúma)

Opinião
 
As duas equipes fizeram um jogo bastante disputado e truncado no meio de campo, na primeira etapa o Londrina até criou oportunidades, mas parou na boa atuação do arqueiro do Joinville, com 1 jogador a mais o Alviceleste começou o segundo tempo colocando a bola no chão e assustando o Joinville, tanto que abriu o placar bem no início com um golaço do meia Zé Rafael, o meia inclusive foi o grande nome da partida, em se tratando da parte ofensiva, não só pelo gol, mas a grande parte das jogadas ofensivas passaram por seus pés.

P
orém depois do gol o Londrina abdicou do ataque e se o goleiro Marcelo Rangel não salvasse o Alviceleste em duas oportunidades claras o torcedor sairia frustrado do Estádio do Café, o LEC passou a trocar passes no sistema defensivo e irritou o torcedor, por muito pouco não foi castigado, um time que está com 2 jogadores a mais, não pode tomar pressão dentro de casa de time nenhum, ainda mais do atual vice-lanterna, o resultado foi ótimo, 3 pontos e cada vez mais consolidado na parte de cima da tabela, porém o LEC poderia ter aproveitado as chances que criou nos contra-ataques, vitória que testou o coração do torcedor Alviceleste.

Escalações
 
LONDRINA: Marcelo Rangel; Lucas Ramon, Everton Sena, Matheus e Paulinho; Bidia (França), Fillipe Soutto, Zé Rafael e Rondinelly; Keirrison e Marcus Vinícius (Itamar)
Técnico: Cláudio Tencati

JOINVILLE: Samuel Pires; Reginaldo, Darnlei, Fabiano Eller e Diego; Naldo, Matheus Bertotto (Thomás), Bruno Ribeiro e Bruno Farias (Everton Silva); Giva (Jaime) e Jael
Técnico: Lisca


por Diego Rocha
Siga no twitter a página oficial do Londrina EC
Curta no Facebook a página oficial do Londrina EC

Compartilhe isto

Paranaense, cartoleiro, apaixonado por futebol e principalmente pelo Londrina Esporte Clube!

Posts Relacionados