Palmeiras é prejudicado pelo STJD em decisão inédita

00:43:00
Foto:  Andressa Anholete

Nesta quinta-feira (1), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) definiu as punições para Palmeiras e Flamengo, em razão da briga que ocorreu no dia 5 de junho, no estádio Mané Garrincha (em Brasília), em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, onde o Verdão venceu por 2x1.

Os times receberam as seguintes penas:

Palmeiras: Multa de R$ 60 mil, 5 jogos sem torcida no setor Gol Norte do Allianz Parque, 5 jogos como visitante sem ter direito a torcida e 10 jogos sem qualquer representação de torcidas organizadas.

Flamengo: Multa de R$ 30 mil, 3 jogos como visitante sem sua torcida, 3 jogos sem torcida organizada e 20% do estádio fechado como mandante e 10 jogos sem qualquer representação de torcidas organizadas.

O Palmeiras foi claramente prejudicado pelo Tribunal, conforme artigos 1ºA e 14 do Estatuto do Torcedor a prevenção de violência nos estádios é do Poder Público e a responsabilidade pela segurança é do clube mandante, no caso o Flamengo. No entanto, as penas impostas ao Rubro-negro foram bem mais brandas que a do Palmeiras, que não era detentor do mando.

A justificativa do STJD para impor penas mais severas ao Palmeiras foi baseada em rumores de que a briga teria sido iniciada pela torcida alviverde, mas há vídeos que contradizem esta alegação. Pelas imagens da confusão que foram divulgadas na mídia é possível perceber que as provocações foram iniciadas pelos flamenguistas, que foram ao setor onde se encontrava a torcida do Palmeiras, que revidou as provocações.

O primeiro jogo em que as punições começarão a ser aplicadas será justamente entre os clubes Palmeiras e Flamengo, que ocorrerá dia 14 de setembro no Allianz Parque.

Não cabem mudanças da decisão, apenas embargos para esclarecimentos, que podem trazer ajustes, mas não quantitativo e sim qualitativo.


Por: Marina Mariano

Compartilhe isto

Posts Relacionados

1 comentários:

Write comentários