Complicou

09:03:00


Lyanco Matheus Reis São Paulo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
Em recuperação, Lyanco e Matheus Reis correram no gramado (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Depois de ficar mais uma rodada sem vencer e ver os rivais diretos Coritiba e Cruzeiro se aproximarem, o São Paulo agora diminuiu a distância para a zona de rebaixamento de 4 para 3 pontos e para piorar enfrenta o Santos, no Pacaembu - por causa do acordo feito entre os clubes ainda em maio, nenhum dos clubes jogou em seu estádio no clássico -, mais que nunca precisando da vitória e também não há espaço para desculpas de técnico, jogadores e dirigentes que vivem em "realidade alternativa" em relação aos torcedores tricolores, que colecionam vergonhas sucessivas há anos e sabem que o perigo é muito maior.

A novidade nos treinos foi a presença de Lyanco e Matheus Reis, recuperados de lesões musculares. Sob olhares do fisioterapeuta Betinho, realizaram corridas no gramado.

Como Bruno está machucado, a novidade pode ser Buffarini na direita (realizou os treinamentos na esquerda), mas nessa situação, Ricardo Gomes terá que optar pela volta de Mena ou por escalar Carlinhos, que no jogo contra o Sport, atuou mais na ponta.



Ricardo Gomes - São Paulo
Técnico Ricardo Gomes comandou treino fechado nesta terça-feira (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)


Contra o Santos, o time melhorou na defesa, mas precisa colocar seu ataque à prova: aproveitar as chances que cria, porque de nada adianta criar 40 chances no jogo e não fazer; o que conta principalmente para a tabela, é bola na rede, ou seja: criou chance, coloque para dentro da rede adversária e não deixe entrar na sua (se não bastasse o ataque não funcionar, o São Paulo tem feito gol contra também).


Como o treino foi fechado, não deu para saber a escalação provável, mas Ricardo Gomes focou o treino nas finalizações e nos contra-ataques (têm sido as grandes falhas do São Paulo ultimamente). Estando tão ameaçado pelo rebaixamento, não adianta jogador fazer golaço em treinamento e no jogo errar passe de 2 centímetros e atuar sem vontade: quero ver raça, entrega e dedicação NOS JOGOS, não golaços, mas gols e de preferências vitórias tricolores para que meu time e de tantos sofridos tricolores saia de uma situação vergonhosa e termine o ano de forma digna - obviamente não à altura de sua grandeza, brigando pelos primeiros lugares, mas obrigatoriamente na primeira divisão e numa posição menos vergonhosa do que a atual - .


Rumo à vitória, São Paulo!

Twitter: @ManoelRocha4   Soberano 





Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados