Juntos somos mais fortes!

Murillo Ferreira 11:43:00


Fonte: globoesporte.com

Chegou a hora de afastar de vez a briga contra o rebaixamento, mas para isso é preciso vencer a Ponte Preta dentro de casa, tarefa que, no papel, não é tão complicada, porém, todo cuidado é pouco. O jogo será no sábado, às 17h, e promete estar lotado (graças à promoção de ingressos que a diretoria resolveu fazer).

Se vencer, o Tricolor poderá alcançar os 42 pontos, ficando a apenas 3 de conquistar o necessário para garantir a permanência de um time na Série A, comumente. Por outro lado, a derrota pode trazer de volta o drama de ficar próximo da degola e fará a surpreendente vitória sobre o Fluminense ser em vão.

O retrospecto em Brasileiros contra a Macaca dentro do Morumbi é amplamente favorável. Foram 13 jogos com 11 vitórias do Tricolor, um empate e uma derrota, além de 35 gols marcados e apenas 11 sofridos. No Brasileiro deste ano, a Ponte Preta tem jogado mal fora de casa e, por enquanto, não conquistou bons resultados, tendo um aproveitamento de apenas 22,22%.

Ricardo Gomes terá que fazer algumas alterações no time. Os zagueiros Maicon e Lugano estão suspensos e o lateral-direito Buffarini também tem que cumprir suspensão. Para a vaga aberta na zaga, a disputa fica com o jovem Lyanco e com o “recém” contratado Douglas. Na lateral-direita o substituto natural seria Bruno, entretanto, o jogador está machucado. Quem deve jogar por aquele setor deve ser Wesley.

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Denis e Renan Ribeiro.
Laterais: mena, Auro e Matheus Reis.
Zagueiros: Rodrigo Caio, Douglas, Lyanco e Lucão.
Volantes: João Schmdt, Thiago Mendes, Wesley e Wellington.
Meias: Cueva, Daniel e Jean Carlos.
Atacantes: Chavez, Kelvin, David Neres, Robson, Pedro e Luiz Araújo.




"Jogo difícil, Ponte dá umas surpreendidas em alguns momentos no campeonato. Mas com casa cheia e depois de ter tirado a zica das vitórias, na raça segunda-feira, ganharemos. Sem muita folga. Um 2x0 no máximo."
- Lucas Araújo.

"Com casa cheia não podemos esperar nada além da vitória, mas a Ponte deve vir fechada e cadenciar o jogo para deixar nosso time nervoso, caso ainda não tenha marcado. Precisamos marcar no começo para termos tranquilidade."
- Marcos de Campos.

Murillo Ferreira.
Siga-nos no Twitter.

Compartilhe isto

Posts Relacionados