4 jogos e um título tão esperado

07:21:00
É, a semana foi meia complicada, e só hoje consegui um tempinho para escrever. Assim como muitos jovens, eu, que já deixei de ser jovem faz tempo, fui ver como nossos jovens estão sendo analisados e preparados para o futuro, fiz a prova do ENEM. Minha cabeça fritou em apenas dois dias.rsrs. Em outra oportunidade passo pra vocês minha avaliação desse teste. Hoje vamos falar do nosso Palmeiras, que enfrentou o Internacional, desesperado para sair de perto do pesadelo chamado segunda divisão. Um sonho de sair do Z4 vai se transformando em um grande pesadelo. Todos os resultados do fim de semana culminaram na volta do time na zona da degola, e pelo jeito, o Internacional só tem dois concorrentes diretos, que podem, ou não, tirá-lo desse pesadelo, se ele, Internacional, depender do próprio futebol...............esquece.

Mas o assunto é o Palmeiras, e o Palmeiras foi assunto, dentro e fora de campo. Começou primeiro com um grande abraço dado pelos torcedores no sábado na Academia de Futebol, muitos torcedores estiveram na porta da Academia de Futebol para mostrar que, como sempre foi e sempre será, a torcida está do lado do time, e a resposta veio quase que de imediato, os jogadores e a comissão técnica foram até o portão recepcionar os torcedores, e com aplausos agradeceram a manifestação de apoio. No domingo o Palmeiras entrou em campo pensando somente na vitória, já que de manhã, o Santos venceu a Ponte Preta na casa do adversário e pulou para a segunda posição no campeonato, deixando uma distância muito curta para o Verdão, mas pressão é o que nós mais temos sofrido nos últimos tempos, e finalmente, para nossa alegria, aprendemos a suportá-las, dentro e fora de campo.


Dentro de campo o time não apresentou um futebol bonito, mas apresentou um futebol consciente, maduro, de quem sabe o que quer., encontrou dificuldades devido a forte marcação do Internacional, mas teve tranquilidade em encontrar o momento certo e apertar o time gaúcho até conseguir a marcação do gol. Gol que veio de uma cobrança de escanteio batido por Dudu, rebatido pela zaga e na sequência cabeceado pelo Thiago Santos, colocando Cleiton Xavier na cara do gol, em condição legal, para marcar aquele que seria o gol da vitória. Pouco o Internacional pressionou e o Palmeiras quase ampliou com uma cabeceada do zagueiro Vitor Hugo e com Gabriel Jesus, que foi atrapalhado pelas pontas do dedo do goleiro gaúcho, a bola ainda bateu na trave. Não apresentamos um futebol brilhante, mas hoje não importa muito o futebol, claro que o torcedor estaria mais feliz, menos preocupado, mas não menos confiante no título. Hoje o que realmente interessa para o torcedor é o time conquistar os três pontos e se manter bem distante dos adversários. Faltam só quatro rodadas para o fim do campeonato, podem faltar menos jogos para o título do Palmeiras, depende dos outros resultados, mas se mesmo assim, eles não nos favorecerem, dependemos só de nós, é só o time manter o mesmo ritmo e a mesma concentração que seremos campeões na última rodada, ou antes.rsrs

A pressão fora de campo vem dos torcedores, mas de forma positiva, como falou o próprio técnico Cuca depois da manifestação de apoio na Academia de Futebol no sábado, "o time não pode falhar com o torcedor, eles não merecem outra coisas que não seja o título do campeonato". É uma pressão boa, mas de qualquer maneira é uma pressão que , a outra é, infelizmente, e de forma escancarada, de parte da imprensa, que preferem pautar nos programas esportivos o futebol feio apresentado pelo time. Falar que o time pode apresentar um melhor futebol é fácil, difícil é aceitar que o time é líder do campeonato há muito tempo e poucas vezes foi realmente ameaçado. Claro que o torcedor gostaria de ver o time dando show, goleando, mas não é por isso que precisam desmerecer o ótimo trabalho do técnico e o também ótimo rendimento do time durante todo o campeonato, que mesmo não jogando bem, tem conseguido suas vitórias na base da garra e da vontade. Então amigos jornalistas, repórteres e analistas, chega de mimimi, aceitem que dois menos, e aprendam, para analisar qualquer coisa na vida é preciso enxergar o que realmente acontece e deixar de lado posições clubísticas, políticas e tudo mais. Quem vai ganhar é você.

Palmeirenses, deixem de dar moral para esses pangarés, não alimentem esses pseudos jornalistas com sua íra, ignorem, é assim que temos que tratar quem não reconhece o trabalho do nosso time, quem usa de microfones para desrespeitar uma instituição como o Palmeiras.

Já votaram no Prêmio ACEESP 2016? 
Então vamos lá galera, só faltam 4 dias, entrem no site www.aceesp.org.br/site/ e votem como:

Coluna: Claudio Ricci
Melhor narrador de radio: Luis Henrique
Melhor site: Vai Que Tô Te Vendo
MELHOR WEB RADIO: WEB RÁDIO VERDÃO
Acessoria: Thiago Kimori e Marcelo Kazavia 
Repórteres de radio e TV: Fernando Camargo / André Galvão

Forte abraço!
Equipe Palmeiras: Twitter
por Claudio Ricci

Compartilhe isto

Um Palmeirense, apaixonado pela vida, pelos amigos e principalmente pela família!

Posts Relacionados