Dia das bruxas + São Paulo = futebol medonho

15:00:00
Depois de duas vitórias seguidas, o clima era de festa: afinal, o time somou uma boa quantidade de pontos na tabela, distanciou bem da zona de rebaixamento e para melhorar a situação e afastar de vez esse pesadelo, só precisaria de 3 pontinhos - e que seria a inédita 3ª vitória seguida também -. 

Cueva conduz a bola no Independência: peruano não merece crítica
(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net) 
Problema é que em pleno 31 de outubro (dia das bruxas), o São Paulo foi visitar o time que era lanterna até aquela rodada, o América-MG, com a certeza de obter esses 3 pontos que faltavam e não deixar o time mineiro obter a vitória inédita em todos os 15 confrontos dos times e o resultado foi o de sempre: muita lambança, futebol medonho dos dois lados, gol rival e derrota tricolor, que ainda continua ameaçado, mesmo que o risco tenha diminuído.

Logo no começo, o time tricolor deu mostras que poderia sair ganhando e construir uma goleada facilitando o objetivo da 3ª vitória seguida e que daria fim ao pesadelo da zona de rebaixamento, chegando várias vezes ao gol de João Ricardo: inclusive no mesmo lance, o arqueiro do time mineiro fez dois milagres ao defender chutaço de Chávez - em jejum há 10 jogos - e o rebote de David Neres.
Neres, mais uma vez, entra em velocidade na área e conclui mal cruzamento de Mena.
Depois o que se viu foi uma sucessão de erros: Wesley que podia passar a bola, tentou inventar quando não podia, Maicon não conseguiu cortar o lançamento longo feito em direção à àrea tricolor e Dênis não defendeu o chutaço de Michael (que até o confronto do time mineiro contra o Fluminense não marcava gol há 2 ANOS), resultado: gol do América-MG, no único chute que deram no jogo e vitória parcial no primeiro tempo.

De todas as formas, no segundo tempo, o São Paulo tentava empatar e muitas vezes errava lances bisonhos para concluir a gol e outros horrivelmente fáceis, de levar qualquer torcedor ao desespero: isso sem contar a infinidade de passes errados, que têm sido uma constante do time há muito tempo (e não só depois que Ricardo Gomes assumiu), resumindo: verdade que faltam apenas 3 pontinhos para se livrar de vez do pesadelo da zona de rebaixamento, mas cada vez mais, tem-se provado que há muito o que fazer.

Rumo à vitória, São Paulo!
Equipe São Paulo: Twitter 
por Manoel Rocha 

Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados