Futebol Moderno? Pra quem?

19:38:00
No começo deste ano, foi tomada uma medida, (mais em relação a torcida organizada, porém até os torcedores comum pagaram o "pato") na minha visão um pouco rígida, de todos os clássicos entre São Paulo, Corinthians, Santos e Palmeiras fossem de apenas uma torcida, a do clube mandante.

Essa decisão é válida até o fim de 2016, o que acontecerá em 2017? Ninguém sabe. Esse pedido foi feito pelo Ministério Público á Federação Paulista de Futebol que prontamente atendeu ao pedido.
Medidas anunciadas na Secretaria de Segurança Pública. (Foto: Yan Resende) 
Algumas medidas foram tomadas, ainda em entrevista coletiva o secretário de segurança pública do estado, Alexandre de Moraes, e o promotor Paulo Castilho, do Ministério Público, anunciaram também que todas as torcidas organizadas estão proibidas de entrar nos estádios paulistas com faixas ou instrumentos. (Ou seja, qualquer coisa que as identifique).

Outra medida tomada foi a seguinte: os clubes estão proibidos de "doar" ingressos para as organizadas, assim os ingressos de arquibancadas que antes vendidos em bilheterias agora só comercializados pela internet. (Que também dá uma dor de cabeça e tanto ao torcedor comum.)

Sinalizadores acesos durante o majestoso no Morumbi. (Foto: Marcos Ribolli) 
Mais uma discussão foi a proibição dos sinalizadores, essa um pouco mais antiga (Desde o episódio Kevin Espada ocorrido na Bolívia em 2013 com a torcida do Corinthians), enfim, eu sinceramente não acho sinalizadores esse monstro de sete cabeças que todos dizem. Claro que alguns tipos eu acho inviável, como por exemplo, Impossível de usar o sinalizador náutico que dispara, mas sim o sinalizador pirotécnico que simplesmente só acende e solta fumaça colorida. Mas como previsto na lei, nenhum destes podem.

Só queria deixar claro aqui que na minha opinião isso é um atestado de falência do futebol brasileiro e suas respectivas autoridades e órgãos que as comandam. 

#DigaNãoAoFutebolModerno
Equipe São Paulo: Twitter

Compartilhe isto

Posts Relacionados