Na despedida do Morumbi, São Paulo desperdiça chance da vitória

13:47:00
Depois da excelente vitória na rodada passada - goleada por 4x0 sobre o Corinthians, quebrando jejum de 13 anos sem vencer o rival no Morumbi - e com quase 15 dias só para treinar, o São Paulo, já livre da possibilidade de rebaixamento, encarou o Grêmio para tentar uma vaga no G-6 e conseguir ir à Libertadores-17: diante de um público de pouco mais de 20 mil pessoas, razoável levando em conta o horário e dia da semana. O time paulista começou muito bem, sufocou o Grêmio, que mal viu a cor da bola e logo no começo, em assistência linda de João Schmidt, Chávez viu Marcelo Grohe adiantado e tocou por cobertura: GOLAÇO!!!! 

O São Paulo pressionou, bombardeou o Grêmio e o rival raras vezes conseguia chegar ao gol de Dênis, tanto que por infelicidade do ataque tricolor e alegria gremista, o placar do primeiro tempo, terminou só 1x0 - pelo menos 2x0 seria mais justo -. Não bastassem os insistentes avisos do placar para que o clube não fosse prejudicado (já prevendo punições do STJD - Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e muito menos o time tivesse seu rendimento em campo afetado, o recado foi amplamente ignorado: NOVAMENTE O JOGO TEVE PARALISAÇÃO POR USO DE SINALIZADORES

Chavez foi o autor do gol do São Paulo, ainda no primeiro tempo (Foto: Luis Moura)

Por conta disso, ocorreu o que o torcedor tricolor (aquele que não levou sinalizador para o estádio ou viu na TV) não queria: a paralisação momentânea do jogo por essa atitude infeliz (que cá entre nós, ocorre muito porque a PM tem afrouxado na revista dos torcedores) "esfriou" o time do São Paulo, que até então mandava na partida e exigiu outras duas defesaças de Marcelo Grohe em lance de Chávez antes do episódio, viu o Grêmio se animar, chegar de forma tranquila na área e empatar o jogo após chute do volante Ramiro.

Depois, Ricardo Gomes viu que Luiz Araújo (que tinha jogado bem contra o Corinthians e feito seu primeiro gol como profissional nesse jogo) não estava bem na partida e substituiu por Carlinhos - que pareceu que o time continuava com dez, estando com onze - e mesmo criando mais algumas poucas chances, o placar se manteve: 1x1 e agora o time tricolor terá dois jogos fora de casa contra a Chapecoense (domingo) e Atlético-MG no outro final de semana, antes de voltar para São Paulo e encerrar contra o Santa Cruz no Pacaembu.

Rumo à vitória, São Paulo!
Equipe São Paulo: Twitter 

Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados