Desculpa o Auê ... Mas a culpa é do Del Nero

21:25:00
Nepomuceno garantiu que o Atlético-MG não vai entrar em campo na última rodada (Foto: Fernando Martins Y Miguel)
Está decidido, o Atlético não vai entrar em campo contra a Chapecoense, no dia 11 de Dezembro, em, Chapecó na ultima rodada do Campeonato Brasileiro. Em um pronunciamento o Presidente do Clube Mineiro Daniel Nepomuceno,diz que não há clima para o jogo, devido ao acidente que matou a maior parte do time catarinense, na Colômbia .

O Atlético não teme uma punição: 
“No momento de dor e respeito à tragédia, ficamos de luto e tem que ficar resignado e respeitar e não simplesmente ir para a TV e ficar declarando. A gente respeita a dor, não é momento para cobrar de jogador nenhum a receita do esporte”, disse.
A CBF adiou todos os jogos da 38ª rodada para o fim de semana que vem, assim como a final da Copa do Brasil, que será disputada no dia 7. Assim, o Galo adiantou que as férias dos jogadores começarão na quinta-feira, um dia depois de disputar a decisão contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Daniel Nepomuceno entende que é preciso ter respeito às vítimas da tragédia:

“Haverá uma punição com a perda dos 3 pontos, mas o time não terá sua posição alterada, não vai ser prejudicado. É o mínimo que se pode ter com a cidade, com os familiares, pelo estado e o país que sofre com o acidente”, disse Nepomuceno.

EM CHAPECÓ


Em resposta ao pedido da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que havia sugerido que o time catarinense entrasse em campo com uma formação composta por garotos das categorias de base, apenas para que fossem homenageados, a Chapecoense por intermédio do chefe de departamento de desempenho, Vitor Hugo Nascimento, anunciou a decisão após reunião entre dirigentes do clube. Ele ainda reclamou do fato do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, ter dito que seria uma oportunidade de promover uma festa para os jogadores falecidos. 

"Não teremos jogo. Já juntamos do que sobrou da comissão, jogadores e todos foram unânime: não vamos jogar. As inscrições acabaram e vão abrir uma exceção para rasgar o regulamento? Não tem nem clima para essa partida. Como se comportariam os árbitros e adversários contra nós?", questionou o dirigente, que emendou. "Usaram a palavra festa. Festa? Que festa é essa? Foi muito bom o Atlético Mineiro já avisar que não vai vir para Chapecó e a CBF não manda neste aspecto", completou Vitor Hugo.

Com a recusa em entrar em campo, o time mineiro irá terminar a competição no quarto lugar, com os 62 pontos que tem atualmente.

Compartilhe isto

Escritora da internet o Galo (CAM) é a minha paixão,mineira um pouco tímida poucas vezes sem noção.Filha,irmã,amiga tenho orgulho por querer jornalismo muito prazer Carol Castilho.

Posts Relacionados