Palmeiras se despede de 2016 campeão e com mais 3 pontos na tabela

16:21:00
Enfim, o Palmeiras se despede com o Enea no bolso, o Cucabol eternizado, e com NOVE pontos de vantagem ao segundo e terceiro colocados. Mas, e  sobre o jogo? Retratando sobre, agora:

Mesmo sem 14 jogadores, Cuca conseguiu vencer os Vitória, em pleno Manoel Barradas, o Barradão. Fabrício, Alecsandro e Leandro Pereira desde o início eram os que mais demonstravam futebol convincente. Apesar da boa atuação do Palestra, o primeiro gol foi do time adversário. Marinho cobrou falta para dentro da área, Alecporco não conseguiu afastar e a bola foi pro fundo do gol de Jaílson.


O empate veio logo,  com o  Gabriel, que neste domingo, foi o  camisa 21, em homenagem à  Mateus Caramelo. O Pitbull empatou a peleja após a vola sobrar limpa, e Gabriel finalizar cruzado. Alecsandro, após rebote na área, numa finalização bloqueada de Fabrício, pós caneta sensacional em Diego, virou o marcador, com finalização de primeira, forte e seca. Ele se emocionou, pelo gol que dedicou à Rangel, e por ter marcado contra seu clube-formador. Com a camisa 9 que levava o nome de Bruno Rangel nas costas, Alec, chegou ao seu centésimo gol em Campeonatos Brasileiros, e disse que tinha a certeza de que marcaria para homenagear o atacante, morto na tragédia com o voo da Chapecoense.

Com o placar favorável construído no primeiro tempo, a etapa final deu chance de Cuca usar, Rodrigo. Contratado no início da temporada, o ex-volante do Goiás ainda não tinha estreado em 2016,  e se portou muito bem. 
Seguro e sereno.

Mostrando repertório em jogadas de bola parada, toque de bola com qualidade, o último jogo de Mestre Cuca, foi a prova da força do elenco que o clube montou, e que nosso agora, ex-treinador, comandou em sua passagem pelo alviverde.

Apesar da derrota, o Vitória encerrou o torneio com 45 pontos e conseguiu escapar do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 2 PALMEIRAS
Data: 11 de dezembro de 2016 (domingo), às 17h
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Horário: 17 horas
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA)
Cartões amarelos: Zé Love (VIT); 
Thiago Santos, Alecsandro, Cleiton Xavier, Jailson, Matheus Sales e Fabrício (PAL)
GOLS: Marinho, 12'/1ºT (1-0); 
Gabriel, 15'/1ºT (1-1) e Alecsandro, 47'/1ºT (1-2)
VITÓRIA: Fernando Miguel; Diego Renan, Ramon, Kanu e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas (Serginho, 13'/2ºT); David (Vander, 36'/2ºT), Marinho e Zé Love (20'/2ºT). Técnico: Argel Fucks
PALMEIRAS: Jailson; Gabriel, Mina (Matheus Sales, 29'/1ºT), Thiago Martins e Fabrício; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Rodrigo, 24'/2ºT); Leandro Pereira, Alecsandro (Artur, 41'/2ºT) e Erik. Técnico: Mestre Cuca
Equipe Palmeiras: Twitter 
por Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados