Galo Tático #2: O pontapé inicial de 2017

12:56:00



FAAAAAAAAAAAALA CAMbada ! Tudo na paz? Que a paz esteja convosco e conosco nesse e nos dias que virão, é disso que precisamos pra viver, não é!?

Sem filosofia barata de copo sujo e bora pro que interessa: Falar de Galo, afinal, é o que amamos. Hoje, daremos início a mais uma temporada, mais uma vez, cheias de expectativas e possibilidades vitoriosas para o Galo. Como triunfo, temos a manutenção de um elenco fortíssimo, recheado de jogadores de estofo, selecionáveis, de muito talento. Além desse fator, a diretoria do Galo demonstra ter feito uma boa avaliação de seus erros. Resolveu apostar na longevidade e na eficiência de um dos emergentes com imenso potencial: Roger Machado. Roger é um dos ápices dessa nova geração de treinadores brasileiros ávidos pela modernidade no futebol. Os treinamentos da pré-temporada se mostraram proveitosos, afinal, todos nós ficamos impressionados com a intensidade, qualidade e metodologia dos treinos, inclusive, os jogadores, afinal, foi a reclamação em uníssono, tanto por parte da imprensa esportiva, quanto pelos torcedores: FALTAVA MODERNIDADE AO GALO. RESPIRAR FUTEBOL MODERNO. 

No jogo treino contra o Guarani de Divinópolis, pudemos observar uma tímida evolução de um trabalho, mas já com a filosofia do futebol moderno: Criação de espaços, compactação, intensidade, valorização de posse de bola, aproximação. Me parece que a era do "Galo Doido", das ligações diretas, da "Bagunça Organizada" finalmente acabou, senhores! Já era tempo! O Galo precisava urgentemente se adequar à filosofia de futebol moderno, pois, apesar do momento maravilhoso que vive, de tantas conquistas e atuações memoráveis, enquanto time de futebol, estávamos caminhando na contramão do que está se transformando o futebol brasileiro e o que já é realidade na Europa: Um futebol solidário, coletivo, tático, estudado. A expectativa sobre Roger Machado é enorme, assim para com o grupo de jogadores, que recebeu 3 ótimos contratados: Felipe Santana, zagueiro, de experiência europeia; Danilo Barcelos, bom jogador que veio do América MG (versátil, pode atuar como meia pela esquerda, centralizando e trabalhando a articulação se precisar) e a maior contratação do clube nessa temporada até agora: ELIAS. Elias é o volante que, segundo as palavras de nosso maestro Roger, é jogador que "CHEGA E RESOLVE". Concordo com as palavras do treineiro alvinegro, Elias é um jogador de imensa qualidade, atua como 3º homem de meio campo, mais por dentro e chegando com força ao ataque, ou como um meia pela direita, auxiliando na criação junto com o meia centralizador de jogadas. É jogador de seleção e de vários títulos conquistados. Será o dono da camisa 8, deixada pelo nosso saudoso General Donizete. Muita responsa, mas Elias vai nos dar muitas alegrias.


Hoje, o Galo dá o pontapé inicial na temporada 2017 contra o América TO, logo mais, as 17:00h. Nessa ultima semana, porém, muitas coisas aconteceram e mexeram com a estrutura da equipe. Lucas Cândido, postulante á uma das vagas no meio campo teve mais uma grave lesão. Rompeu o Ligamento Cruzado Anterior do joelho esquerdo e vai passar pelo menos 7 meses fora de combate. Em seguida, na quarta feira, Robinho saiu lesionado da partida "da amizade" entre Brasil e Colômbia. Se suspeitava de uma lesão vertebral e foi confirmado: fratura na vértebra L2 (lombar 2) e por pelo menos 1 mês, não teremos o rei das pedaladas em campo. Um choque pro planejamento inicial da pré-temporada. Como não poderia terminar bem uma semana que começou mal do ponto de vista clínico na Cidade do Galo, Luan passou a fazer trabalhos em separado para prevenção. Não se sabe se o jogador andou sentindo algo, mas sua participação na partida de logo mais está em cheque. Com isso, Roger já definiu quem serão os prováveis substitutos dos 3 jogadores: OTERO entrará no lugar de Robinho, YAGO será o 2º volante e se Luan não atuar, MAICOSUEL poderá ser seu substituto imediato. Então vamos á planilha tática?



Roger Machado priorizou a organização e a compactação dessa "nova" equipe atleticana, exigindo eficiência na recomposição, bom posicionamento e valorização da posse de bola para aumentar o controle das ações no campo. Na escalação de hoje (a qual eu SUPONHO que seja a mesma), Roger deve escalar o Galo no esquema "queridinho" dos treinadores de hoje: 4-2-3-1, contando com uma aproximação das peças que compõem o meio campo, variando em duas linhas de 4 (4-4-2) no momento defensivo, com Otero e Luan (ou Maicosuel) sendo fundamentais nessa organização da 1ª linha de 4. Já a criação, depende do quanto o nosso "craque incompreendido" Cazares quer mostrar seu futebol. Eu espero sinceramente que ele esqueça que tem vida social e valorize seu trabalho em campo. Precisamos do seu talento, Cazares, o resto, fica pra depois.



O que esperar para hoje?

A grande expectativa é observar o quanto dessa filosofia moderna está assimilada pelos jogadores do Galo em campo. O adversário, me desculpem por falar isso, é supérfluo. O Galo vencerá, mas o torcedor que irá ao Horto logo mais espera ver mais que bolas na rede: Espera ver mudança de perspectiva. Torçamos todos pra que isso aconteça.



O que não esperar para hoje?

Que o Galo esteja voando fisicamente. Os times do interior vão imprimir um grande desafio nesse primeiro terço de campeonato mineiro. Eles começam a se preparar com pelo menos 2 meses de antecedência e isso acaba sendo um fator de desequilíbrio no início. É torcer para que os jogadores do Galo adquiram ritmo de jogo sem nenhuma casualidade.



O destaque de hoje:

CAZARES / Fonte: Bruno Cantini


Como não poderia deixar de ser, Cazares é o destaque que eu dou para a partida de hoje. Muitas dúvidas se passam na cabeça do torcedor atleticano. Afinal de contas, "O que o Cazares quer no Galo?"; "Quanto ele vai criar juízo e jogar futebol?"; "Será que dá pra confiar? No ano passado, não queria nada com nada...". Esses são os questionamentos de muitos dos meus seguidores no Twitter, por exemplo. Eu os considero JUSTOS, pois o que o Cazares tem de bola, lhe falta de comprometimento com a carreira e com o trabalho. Muitos vão dizer que se há uma cobrança excessiva em relação ao jogador, pois é novo, "menino não tem nada na cabeça". É ai que se enganam: A bola cobra seu preço e não vê idade. Cazares é um jogador de imenso talento. Se estiver com a cabeça no lugar e querendo mostrar serviço, é o melhor 10 do futebol sul americano. O Galo tem um Diamante em mãos e o Cazares, uma possibilidade de uma carreira gloriosa. Basta as duas partes entenderem o tamanho disso e trabalharem. Hoje é seu dia, Pelezares!



Chutômetro do placar de hoje: 3x0 Galo. Gols de Fred, Otero e Lucas Pratto.



Então, é isso, massa. Mais um Galo Tático para vocês, espero que tenham gostado, que hoje seja um dia de boa estreia para o nosso Galão e que seja um 2017 glorioso, que planejamento bem feito seja coroado ao final desta temporada. 

Vejo vocês no estádio hoje?





#UNIDOSSOMOSFORTES #TODOSPORUMIDEAL #EUACREDITO #AQUIÉGALO #NÃOÉMILAGREÉATLETICOMINEIRO #VAIPRACIMADELESGALO 




Me sigam lá no Twitter, galera: @lsilveiralg 

Compartilhe isto

Posts Relacionados