O clima do tricolor no elenco: como estão os bastidores do São Paulo.

14:00:00
Em 2015 Rogério Ceni se despedia e com ele o espírito de liderança e equipe, logo começou a movimentação para trazer um líder, e o nome cogitado e aclamado foi o dele, Diego Lugano. O uruguaio campeão do mundo conseguiu o feito de lotar o aeroporto em sua chegada ao clube paulista e quando chegou, disse que estava ciente de seu real propósito aqui que não era jogar, era ser um chamador de torcida e promover até um certo marketing. Ainda chegou a ganhar peso e ser usado em algumas partidas, mas o real propósito de sua vinda se perdeu. 
Imagem: spfc.net
Mas o que nem todo mundo sabe é que a panela para se "nomear" um novo líder estava nas mãos de Ganso e Michel Bastos que puxaram jogadores para o seu lado e aos poucos conquistando confiança antes da chegada e especulações da vinda do uruguaio. 

A linha invisível que separava jogadores e ideais formou-se quando Michel Bastos e os jogadores que ele havia puxado eram contra o título de líder do Lugano, que chegou já com essa moral, até porque o uruguaio tem história aqui. Os jogadores já não falavam mais coma imprensa, apenas os recém chegados, o que só foi aumentando a tensão do lado de fora do CT da Barra Funda. 

Após o jogo contra o The Strongest, Lugano foi dar palavras de apoio ao grupo, pedindo para que eles falassem á imprensa e assim aliviassem as situações. Michel Bastos não gostou e rebateu o uruguaio, o que gerou uma breve discussão. No dia seguinte, em seu Twitter, Rodrigo Gaspar afirmou que Michel Bastos era a "erva daninha do grupo", o que irritou os torcedores e causou atrito entre os atletas. Bauza teve uma conversa séria com o elenco, posteriormente.

Michel Bastos chegou a ficar sem ser escalado, alvo de protestos das organizadas e cornetas da imprensa. Com o tempo, isso passou, hoje Michel já não defende mais as cores do São Paulo e decidiu defender o verde do Palestra Itália. 
Imagem: Uol.
Esse ano tudo começou diferente, a chegada de Rogério Ceni trouxe ao clube novos ares. Em reunião coletiva nas terras de Orlando, o elenco aparece reunido confraternizando, e atrás em imagem na televisão imagens de motivação. O grupo parece estar embalado em união e parceria, diferente do ano passado.  



A chegada de Ceni melhorou o ambiente dos atletas, a competência de Rogério não só traz novos ares como também motivação para um ano que começa. Por diversas vezes é possível ver o elenco unido em lives feitas pelo Facebook oficial do São Paulo, o que nos faz acreditar que o ambiente do São Paulo é completamente diferente do que estamos habituados a ouvir e ver. O ambiente já mudou, espero que o futebol também mude! 

Siga-nos no Twitter: SPFC_VQTTV

Compartilhe isto

Posts Relacionados