Uma sexta 13 diferente! Cruzeiro atua bem e classifica na copinha

Elivar Júnio Sousa Andrade 20:16:00
Boa noite Nação Celeste! Hoje é dia de comemorar, foi sexta-feira 13, mas ao contrário do que se possa imaginar, não teve nada de assustador, muito pelo contrário, a garotada do Cruzeiro nos encheu os olhos. O time venceu e deu o troco no Bragantino, time o qual sofreu um revés na primeira fase.
O jogo começou pegado, o Cruzeiro tocava bem a bola, e já levava perigo para o time de Bragança Paulista. Logo aos 4 minutos de jogo, o garoto Thonny Anderson recebeu de Vander, passou por um marcador, deixou outro no chão com um lindo corte, e já dentro da área bateu no canto do goleiro, golaço do Maior de Minas!
O Cruzeiro controlava bem o jogo, mas o Bragantino levou perigo em alguns lances, aos 9 minutos o goleiro cruzeirense fez defesa parcial num chute do atacante do Braga, e no rebote foi novamente exigido, mas conseguiu rebater e a defesa aliviou num chutão.
A garotada Azul Celeste seguia ameaçando nos contra-ataques, e alguns espaços nas laterais acabaram surgindo, aos 19 minutos, o goleiro Jonathan do Cruzeiro salvou o time novamente num cara-a-cara com o atacante do time alvinegro.
O jogo a partir dos 20 minutos esfriou um pouco, alguns lances reservados, mas sem muito perigo para ambas as partes. Troca de passes do Cruzeiro, maior posse de bola, controlando e aproveitando a vantagem. Aos 37 minutos o zagueiro cruzeirense Tonhão foi ao chão, mas 3 minutos depois voltou, nada demais.
Fim do primeiro tempo, com o resultado o Cruzeiro pega o vencedor de Flamengo x São Caetano.
Início do 2º tempo, e o Maior de Minas começou pressionado o Leão Paulista, numa grande jogada pela ponta direita, o garoto Vitinho passou pelo primeiro marcador, passou pelo segundo, invadiu a grande área passando por um terceiro marcador e bateu no canto direito do goleiro, mais um golaço para a Raposa! 2 a 0, e a classificação já estava encaminhada.  
O Braga equilibrou o jogo, conseguiu tocar mais a bola, mas ainda não leva muito perigo. O Cruzeiro continuava com a filosofia do 1º tempo, contra-ataques rápidos, e jogadas de linha de fundo.
Aos 24 minutos, duas trocas no Cruzeiro, entra Cesinha e Rick Sena. Ambos foram titulares na campanha de 2016, e costumam botar fogo nos jogos. Hoje não foi diferente, já na primeira jogada pela esquerda, o menino Cesinha, primo do lateral Danilo do Real Madrid, fez bela tabela e disparou na ponta esquerda, só parou numa falta do defensor do Massa Bruta.
Cesinha continuou causando dor de cabeça pela ponta esquerda. Tem futuro esse rapaz. A postura da Raposa foi ofensiva desde o 1º minuto, e colheu frutos, aos 36 minutos do 2º tempo, o atacante que no lembra o eterno campeão da formula 1, faz o 3º gol para o Gigante Incontestável, numa jogada individual, o atacante Rick Sena dividiu a bola com o zagueiro adversário, invadiu a área e arrematou por baixo do goleiro, 3 a 0 para o Cruzeiro, e já preparamos a torcida para a próxima fase.
O jogo continuou brigado como desde o início, embora o Cruzeiro tenha jogado e imposto o jogo contra o time de Bragança Paulista, o Leão sofreu apenas a 1ª derrota na competição, o que embora a torcida do Cruzeiro tenha gritado na arquibancada “ eliminado, eliminado”, a boa campanha do Massa Bruta o dá vaga por melhor campanha. O Leão disputará a próxima fase, as oitavas de final.
4 minutos de acréscimo, e o jogo já no fim, boas vibrações, uma parada dura pela frente, mas com o que o time apresentou no jogo de hoje podemos sonhar, e com muita convicção, em levantar o troféu de Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior.
Próximo jogo do Maior de Minas, ainda não tem data marcada, o adversário sairá de Flamengo x São Caetano.

Grande abraço Nação Celeste!  



Equipe Cruzeiro: Twitter | Facebook
ACOMPANHE A SÉRIE GUERREIROS IMORTAIS 
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK TRIBUNA CELESTE 

Compartilhe isto

Aqui iremos falar de diversos assuntos, eu e você poderemos ensinar muito, um ao outro e nós dois a um terceiro. Vamos nessa!

Posts Relacionados