Glória, Glória, Aleluia... é Gabriel Jesus!

12:06:00

Me lembro da primeira vez que o vi jogar. Lembro-me de seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras, no Estádio do Café em Londrina. Dudu tabela no meio com Cleiton Xavier, que foi para a linha de fundo e cruzou a bola re forma rasteira para a área. Gabriel marca seu primeiro gol com um carrinho na bola. Ali já conseguíamos ver a nossa jóia brilhar, e sabíamos que ele não era promessa, era realidade, era a NOSSA realidade palestrina.Gabriel tinha uma estrela diferente, ele vestia a camisa e mostrava ao que veio, não tendo medo ou corpo mole, e honrando o manto sagrado a cada partida, desde a base até o profissional. Então cheguei à conclusão de que ele não tinha estrela, ELE era a própria estrela.

Em pouco tempo nosso menino de ouro conquistou nossos corações, mas quem em sã consciência não se renderia diante de tanto carisma e humildade? Quem seria forte o suficiente para não se derreter todo com aquela carinha de choro de cada jogo? Era impossível não se apaixonar por Gabriel Fernando de Jesus. Aclamávamos o nome dele no estádio, o pedíamos incansavelmente "Gabriel, Gabriel" (lê-se com a voz do Oswaldo de Oliveira). E finalmente em Agosto, depois de uma atuação espetacular com dois gols contra o cruzeiro no Mineirão, pela Copa do Brasil, fez com que Gabriel Jesus não saísse mais da equipe. Em um ano, foram 26 gols em 69 jogos pelo Palmeiras. E é claro que seu primeiro título pelo Verdão foi a Copa do Brasil.

As comparações começaram, com um e outro jogador, mas se provou logo, que o incomparável e inigualável Gabriel Fernando de Jesus teria sua própria personalidade. Logo ele que era a própria estrela que brilhava até ofuscar nossos olhos. Os holofotes eram dele, somente dele.

Quarta-feira, 29 de junho de 2016, nosso menino de ouro é convocado para a Seleção Olímpica Brasileira, meu coração transbordou de tanto orgulho, não consegui conter a felicidade ao ouvir o nome dele. As "cornetagens" começaram, acharam que nosso menino não daria conta da Seleção, logo ele que já jogava na verdadeira Seleção.

O gol dele não saia nas RIO 2016, a angústia era nítida, doía meu coração ao ver as pessoas o criticando, o culpando pelo começo vergonhoso da Seleção nas Olimpíadas, mas eu sabia que ele não iria nos decepcionar e ele não decepcionou. A camisa não pesou, o gol saiu, o ouro veio e nosso menino brilhou, encantou, e mais uma vez calou a boca de cada um que duvidou do que ele era capaz. Que orgulho.

Gabriel ganhou a titularidade na Seleção e adivinhem? Nosso menino de ouro foi o primeiro jogador na história da seleção a marcar dois gols em sua estreia oficial. Me fala como não se orgulhar desse menino?? Com tudo isso, Gabriel ainda estava prestes a ser Enea Campeão Brasileiro, e prestes a ir embora. O Gabaritado e Multi Campeão Pep Guardiola, fez questão de ligar para ele e dizer "Eu quero você"... Nosso menino decidiu que ia, mas ele queria terminar o ano de 2016 aqui e ajudar o nosso elenco a ganhar esse título tão importante.

Dia 27/11/2016 Campeão Brasileiro pela nona vez, último vez do menino Jesus com o manto sagrado dentro da nossa casa, ultima vez de cantarmos "Glória, glória, aleluiaaa, glória, glória, aleluiaaa é Gabriel Jesus!" E só de lembrar esse momento, meus olhos ficam marejados. Consigo lembrar perfeitamente dele nos pedindo para não nos esquecermos dele, porque ele jamais se esqueceria de nós, e que não importava onde ele estivesse, a cabeça dele sempre estaria no Palmeiras. Não meu menino, nós nunca vamos nos esquecer de você. Tu fez e fará sempre parte de nossa história.  Honrou o manto até a sua última partida e mesmo quando perdia algum gol e a gente se descabelava de desespero, sabíamos que você fazia parte da nossa constelação, sabíamos que você era nossa jóia. Somos a sua casa, o seu lar! Mas agora é hora de você mostrar ainda mais pro mundo esse seu brilho sem igual, é hora de mostrar pro mundo esse seu carisma, sua humildade, seu jeitinho único e seu potencial inigualável. Volte quando quiser, pois as portas sempre estarão abertas para você.. És o nosso menino de ouro.

Antes de terminar, preciso falar da estreia dele no Manchester City, preciso responder pro Leandro Donizete aquela pergunta que ele fez "Quero ver quando for pra Inglaterra", pois é meu caro... No seu primeiro jogo, Gabriel entrou no segundo tempo e logo marcou seu gol, que infelizmente estava impedido, mas isso não foi problema pra ele, no seu terceiro jogo o menino de ouro fez gol e ainda deu duas assistências. No quarto jogo, Gabriel marcou dois gols numa vitória importantíssima do City, que só ocorreu graças a ele. Então, dessa maneira ele respondeu ao Leandro Donizete e a cada um que fez a mesma especulação. Independente de interpretação de pergunta ou afins, dentro de campo, GJ33 deu a resposta.

Brilha meu menino, brilha muuuuuito!!!! Mostra sua estrela pro mundo, estamos morrendo de saudades de você e muito orgulhosos também. Te desejamos toda sorte do mundo, e estamos torcendo por você!

Foto: Reprodução/Getty Images

Por: Sabrina Neri

Compartilhe isto

Posts Relacionados