Desagradou de novo.

Murillo Ferreira 13:57:00
Fonte: globoesporte.com
Mais uma vez o São Paulo voltou a fazer uma apresentação abaixo do esperado e, pela terceira vez seguida, empatou uma partida aparentemente fácil. É verdade que o time tinha bastantes desfalques, mas colocar a culpa neles é se cegar para algumas coisas que estão acontecendo (não fazendo ajustes necessários e correndo um risco em momentos que não podemos).

O primeiro tempo foi razoavelmente bom com o Tricolor da capital controlando bem o jogo e inaugurando o placar após o cruzamento de Junior Tavares e a cabeçada de Gilberto. Os dois, inclusive, foram alguns dos poucos que se salvaram das críticas na partida de ontem. No segundo tempo o cenário mudou e o Botafogo voltou melhor. Conseguiu o empate aos nove minutos e poderia ter até conquistado a virada.

Aqui entramos no primeiro fator que tem desagradado e, talvez, passado despercebido: já repararam que no segundo tempo o time sofre uma grande queda de rendimento físico? Estamos no final de março (com apenas dois meses praticamente decorridos do calendário “futebolístico”) e o time parece morrer sempre no segundo tempo. Já imaginou como será em outubro ou novembro no ritmo que as coisas estão?

Fonte: globoesporte.com
O ataque que era a sensação do ano e o melhor do país: marcou apenas três gols nos últimos quatro jogos. Entretanto, a defesa continua falhando e mantendo a triste média de sofrer um gol em todo jogo. Assim entramos no segundo fator de desagrado: com a defesa sofrendo gols em todos os jogos, por que Rogério insiste em um revezamento no setor? Desde que Maicon se machucou, ontem foi a sexta formação diferente usada na zaga em seis jogos. As coisas já estão difíceis e, sem entrosamento, é mais do que óbvio que não vão melhorar.

O último fator de desagrado está no meio de campo: João Schmidt tem contrato até o meio do ano e disse que não continuará no clube. Seu destino, ao que tudo indica, será a Itália. Com a cabeça já no futuro clube e o pé fora de forma, por que ainda tem cadeira cativa no time? Não tem jogado nada e não continuará no clube, então realmente não vejo sentido em já não utilizar uma formação sem ele.


Se é uma notícia boa ou ruim, vai de cada um, mas teremos mais um desfalque para os próximos jogos: Bruno torceu o tornozelo e estará fora por tempo indeterminado. Como Buffarini está com a seleção Argentina, não teremos laterais-direito para o clássico de domingo. Rogério deve escalar Wesley (que estará voltando de lesão) ou Araruna (que já foi lateral na base).


Murillo Ferreira.

Compartilhe isto

Posts Relacionados