Festa da Favela: Flamengo goleia o San Lorenzo

00:17:00




Os torcedores que foram ao estádio Mário Filho, o popular Maracanã, viram um espetáculo no segundo tempo. Depois de um primeiro, muito pegado, muitas faltas, bicos para a frente, o 2 ficou marcado pelo bom futebol, volume de jogo e sobras na parte Física. Determinou nessa quarta o chocolate rubro-negro pelo placar de 4 a 0. 
 A primeira metade do jogo foi de muita apreensão da torcida. Sem toque de bola por parte do motor do time, o meia Diego, a bola ia direto da defesa para o ataque. Em um lance de lucidez, aos 13, Arão lançou Everton na frente do goleiro rival. Sozinho, carimbou a trave esquerda de Torico. Logo após Mancuello deixou Montoya cabecear muito perto do Gol do Muralha. Aos 30, Mancuello saiu depois de um choque de cabeça para o entrada de Berrío, que incendiou o jogo pela direita e produziu as melhores jogadas em campo, mas apenas só isso para o time empurrado pela sua massa. 
Logo no começo do 2 tempo, Everton foi puxado pertinho da área. Diego honrou a camisa 10 rubro-negra, o manto sagrado e, ao lembrar o maior ídolo, Zico, cobrou inapelável para o arqueiro rival: estava aberto o marcador. Aos 16, rolou para Trauco bater com o lado do pé, sem chances para o goleiro: 2 a 0 e vitória encaminha. Já aos 25, Diego bateu um escanteio, Berrío desvio, e Rômulo fez seu primeiro gol pela equipe, de cabeça, para aumentar o marcador. Gabriel entrou bem também no time e sofreu Pênalti aos 40 ,em um lindo drible na área. Guerrero Desperdiçou. Contudo, o 4 gol ainda sairia, num lindo chute de fora da área do iluminado Gabriel. 





Compartilhe isto

Posts Relacionados