Foi o Porco quem deu Asas! Red Bull 1x3 Palmeiras!!

18:51:00

O Palmeiras venceu mais uma peleja em 2017. A nova vítima foi o Red Bull Brasil. Por lá, encontramos o nosso ex-auxiliar técnico, Alberto Valentim. Vencemos por 3 a 1, com gols de Willian aos 8 minutos do primeiro tempo, Róger Guedes aos 34' do segundo tempo e pra fechar o caixão Miguel Argel Borja faz aos 49 da segunda etapa da partida.

O Verdão iniciou o primeiro tempo, ditando o rítimo da partida. E logo foi recompensado com  um gol, num jogo que parecia ser o melhor do ano. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Dudu finalizar, mas ERRRRROOOOU. Porém o erro se tornou acerto para Willian Bigode marcar na rebarba. Depois de um começo de primeiro tempo com triangulações, chances de gols e alto rendimento dos jogadores, a chuva chegou - leia-se dilúvio- , e prejudicou o rendimento da equipe, e do jogo num todo.

No segundo tempo, Eduardo Baptista tirou Alejandro Guerra e Willian,  e colocou Michel Bastos, e nosso camisa 12 Miguel Borja, em seus respectvos. lugares.
O Palestra sentiu a saída de Guerra, e se perdeu relativamente no início do segundo tempo. A equipe deu chances de gol ao adversário. Porém depois dos 20' o time se reencontrou e cresceu no jogo novamente. Após um lançamento magnífico do interminável Zé Roberto, Róger Guedes saiu livre e colocou no canto do goleiro Saulo. Pouco depois, sofremos um gol, o qual poderia oferecer riscos. Mas em um lance de corpo a corpo, Borja saiu ganhou do zagueiro rival, se tocou entre as pernas frente do goleiro da equipe campineira, novamente mostrando para que veio. Desta feita, Borjão deu números finais ao placar.

Aos poucos nosso Verdão vai se ajeitando, mesmo com boa parte da torcida, se mostrando insatisfeita com Eduardo Batista. Mas se futebol é resultado, ele está cumprindo com objetivo, ao ganhar partidas. Se ainda não está jogando bonito , está na maioria do tempo, tendo o importante: VENCER. Vencer não  importando a forma, para um início de trabalho, é compreensível. Entendo que o time tem muitas estrelas, e então deveria estar jogando melhor. Mas aos poucos as coisas se ajeitarão. Pois somos um time de torcida a qual, dificilmente têm paciência. Mas agora vem o necessário, que é apoiarmos o Palmeiras, independente de quem está lá como treinador. Se nossa torcida foi 70% da causa do título da Copa Do Brasil em 2015, e teve boa participação na conquista do Brasileirão em 2016, ela pode fazer a mesma diferença em 2017. Caso o Eduardo não melhore, coisa que acho bem improvável, iremos cobrar. Todavia, deixem o homem trabalhar em paz, e que venha a  quarta-feira de Copa Libertadores. Libertadores que é nosso grande objetivo na temporada, e ninguém terá obcessão maior que a nossa para tal conquista. Podemos não conquistá-lá, mas faremos o máximo por ela, dentro e fora de campo. Que venha o Atlético Tucumán, pois nosso time ingeriu um energético, e poderá dar asas para vencer logo na estréia.


Foto: Reprodução/Gazeta Press








por: Pablo Novelli

Compartilhe isto

Posts Relacionados