Lado P Da Bola aborda: Jogos inesquecíveis!

14:05:00

Todo mundo leva consigo, um jogo inesquecível de seu clube de coração. E em nosso Palmeiras, isso não é diferente.  Tendo em vista o tema 'Jogos Inesquecíveis', selecionamos três de nossas beldades para falar sobre. Laísa Carvalho, Natália Silva e Vitany Fernandes comentaram e compartilham conosco, seus jogos especiais.

Laísa comentou da seguinte maneira, sobre seu jogo memorável:

"Dia 19/04/2015, no Itaquerão, semi final do Campeonato Paulista Palmeiras x Corinthians, Victor Ramos e Rafael Marques marcaram para o Palmeiras. Com o Placar de 2x2 fomos para os pênaltis. Robinho perdeu logo o primeiro pra gente, depois todos marcaram, até chegar no ultimo dos 5 para o Corinthians, e Fernando Prass brilhou pela primeira vez, defendendo a cobrança de Elias, nas alternadas pegou o de Petros e nos colocou na final. Foi um jogo extremamente emocionante, pois com todas as apostas feitas naquele ano, o Palmeiras voltando a ser forte no mercado, conseguimos mostrar ali que bateríamos de frente com qualquer um, incluindo aquele que seria campeão brasileiro naquele ano, no primeiro mata-mata dentro da nova casa. Ali foi visto um Palmeiras diferente daquele dos últimos anos, um Palmeiras a ser respeitado, temido. Um Palmeiras que deu esperança de que viria a ser como antigamente, imponente.  Depois de tanto sofrimento vestindo essa camisa, naquele dia agradeci por ter escolhido vestir o verde e o branco."

Já Natália Silva, revelou seu jogaço memorável, da seguinte forma:

"Claro que o Palmeiras ja me proporcionou diversas emoções, tanto boas quanto nem tão boas assim, mas um dos jogos que mais me marcou foi a Final da Copa do Brasil de 2012.
O Palmeiras quebrou um jejum de 13 anos, e eu que até então não havia visto o Palmeiras ser campeão não consigo explicar a sensação que senti. Jogo bem duro e com muitos nomes em destaque, como Betinho, Mazinho, Marcos Assunção, entre outros, que são muito lembrados pela torcida Palmeirense.
Acredito que após essa vitória o Palmeiras foi crescendo cada vez mais até alcançar o lugar que está hoje."

Encerrando, a Vitany Fernandes explanou sobre seu jogo inesquecível, sem pestanejar:

"Primeiro jogo do ano, vamos, o nervosismo já me comia os neurônios e me deixa ainda mais eufórica. Palmeiras x Corinthians pelo campeonato paulista de 2016 no Pacaembu, na época ainda com a presença das duas torcidas a emoção do clássico começou antes mesmo da bola rolar, a caminho do apelidado carinhosamente pela torcida do Palmeiras de “Porcoembu”, o torcedor do Palmeiras precisava desviar não só de um mas de vários obstáculos para não se esbarrar com nenhuma torcida rival."

"Pronto! A chegada no Pacaembu me fez perceber o quanto a torcida do Palmeiras é maravilhosa, todos juntos, cantando em frente ao Pacaembu, mas tudo tem hora para acabar, e acabou. Era hora do jogo. A torcida do Palmeiras cantava alto para desejar de certa forma forças aos jogadores, que faziam sua parte com muita raça e com vontade, com provocações a torcida adversária a todo momento o jogo estava a cada minuto mais interessante."

"Após um bom primeiro tempo, porém sem gols com a torcida já nervosa com o resultado agoniante de 0x0, aos 27 do segundo tempo, após uma bagunça dentro da área(depois de um ano eu ainda não sei se foi pênalti ou não), pênalti para o Corinthians! Thiago Martins em cima de Giovanni Augusto, enquanto os jogadores do time rival só sabiam agradecer, a torcida do Palmeiras só sabia rezar para todos os deuses do Futebol e para nosso santo São Marcos, para que ele iluminasse Fernando Prass com seu dom naquele momento.
Era nítido no olhar de cada torcedor do Palmeiras, o “Sai, Zica” ecoava na nossa cabeça, a vontade de gritar era enorme, a vaia para desestabilizar o jogador e fazer com que ele perca o foco parecia estar funcionando. Lucca na bola, só os três juntos, Lucca, bola e o gigante Fernando Prass, era hora da bola escolher seu personagem favorito. Fernando Prass com gestos mostrou a Lucca onde queria que ele batesse com a bola, e como forma de provocação, acho, foi ali mesmo onde Lucca chutou, e mais uma vez DEFENDEU FERNANDO PRASS!!!!!!!!. Uma defesa que deixou todo torcedor do Palmeiras com a euforia nas alturas."

"Enquanto, Fernando Prass comemorando ainda sua vitória enquanto a bola estava a rolar, Zé Roberto fazia o desvio na cabeça do pequeno enorme Dudu que aos 30 do segundo tempo mata essa agonia que o torcedor estava sentindo, de cabeça, “Tá lá!”. Era o que o torcedor só conseguia pensar, a torcida já eufórica com o pênalti defendido agora depois de dois minutos, estava a comemorar o gol, o jogo ainda teve emoções como um gol anulado do Gabriel Jesus, mas o importante foi o resultado final. 14° Rodada do Paulista: Palmeiras 1x0 Corinthians. Após esse jogo aprendi que o futebol é algo tão misterioso quanto o “lado escuro da lua”, é algo inquestionável, não é o mais óbvio, é mais raça, vontade e coração, não é um esporte teórico, é na prática! Na raça! E com a força de elenco que o Palmeiras mostrou ter, trouxeram os 3 pontos para nostra casa."

Jogos recentes, mas que se eternizaram na alma e retina, de nossas palestrinas. E qual é jogo especial para vocês? Comentem em nossas mídias sociais: Facebook: Futebol Palestrino/ Palmeiras VQTTV , Instagram e Twitter: @Palmeiras_VQTTV.


Por: Laísa Carvalho, Natália Silva e Vitany Fernandes

Compartilhe isto

Posts Relacionados