Não estamos mais acostumados a perder

16:58:00
globoesporte.com

Não falarei sobre o jogo, ele não merece nada de nosso precioso tempo, o que merece nossa atenção é o que a derrota por 3 a 1 para o Nova Iguaçu expôs:o problema de que os jogadores bons não são tão bons que façam os ruins jogarem melhor. Todos acabam se prejudicando, meu medo é acabar queimando e tirando a confiança dos jovens talentos.

É evidente que o time reserva, além de não ser completamente entrosado, mostra falta de experiência e pouca qualidade de alguns jogadores. Os jogadores que começaram a partida ontem podem até buscar uma vaga como titular, mas de forma alguma todos juntos. A qualidade dos reais titulares ajudariam esses jogadores, mas quando você precisa que o Marcos Junior, o Osvaldo e o Marquinho sejam os principais criadores de oportunidades do seu time, é evidente que você terá problemas.

Não gosto de analisar um time que nunca deveria jogar junto, mas já que temos que priorizar certas partidas e teremos que jogar com esse conjunto nas partidas menos importantes, é necessário que eles aprendam a jogar juntos. Replicar uma formação que exige qualidade de passe e de marcação de todo o meio campo, uma disposição física incrível dos pontas e de uma defesa que costuma a ficar exposta devido a subida dos laterais e de um meio campo esvaziado, não dá para utiliza-la com jogadores pouco qualificados, é suicídio.

Abel precisa olhar para esse grupo como outro time, com outras características e que pode usar uma formação mais conservadora, com um meio campo mais preenchido, um time com pouca qualidade não pode jogar tão aberto, é preciso ajudar a esse time a jogar bola, não dá pra exigir deles um futebol tão vertical quanto exigimos do time principal.

Dados do jogo:

Formações

Fluminense: Diego Cavalieri, Mateus Norton, Reginaldo, Nogueira, Marquinhos Calazans, Orejuela, Wendel, Marquinho(Léo), Marcos Junior(Maranhão), Osvaldo(Lucas Fernandes) e Pedro
Técnico: Abel Braga

Nova Iguaçu: Jefferson, Crispim(Vinicius Matheus), Bruno Simões, Murilo Henrique, Lucas, Anderson(Iuri Pimentel), Paulo Henrique, Caio Cezar(Renan Silva), Wescley, Marlon e Adriano
Técnico: Edson Souza

Cartões

Fluminense: Reginaldo, Nogueira, Léo;
Nova Iguaçu: Anderson, Paulo Henrique, Lucas, Vinicius Matheus, Bruno Simões

Gols

Fluminense: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo.

Nova Iguaçu: Marlon, aos cinco minutos do primeiro tempo;  Adriano, aos 38 minutos do primeiro tempo e Nogueira(contra), aos 26 minutos do segundo tempo.


Por Daniel Pasini

Compartilhe isto

Posts Relacionados