Vai outra cobertura aí?

18:00:00

Foi uma pintura, uma verdadeira obra de arte, que nem Picasso com todo o seu talento, seria capaz de fazer algo a altura da obra que Eduardo Pereira Rodrigues fez na tarde de sábado. Foi de arrepiar, quando eu vi Dudu chutando a bola e ela indo em direção ao gol. Eu juro que não acreditei. O coração começou a acelerar e antes mesmo da bola entrar, os gritos já haviam ecoado pelo estádio, nas casas de quem acompanhava pela TV, nos bares, nas ruas... e quando a bola por fim entrou já estávamos eufóricos, mais um? Outra cobertura? Seria a sina do São Paulo? Rogério Ceni teria ensinado bem Dênis a levar gol de cobertura? Afinal, ele já era bem experiente nessa área né?! Mas hoje eu quero os holofotes apenas no gol do Dudu, apenas na atuação dele e na maneira com a qual aquele baixinho invocado nos representa em campo.

Dudu é praticamente um torcedor em campo. É gente como a gente. Que se perde fica bravo, reclama, briga, xinga e fica de mau humor. Se ganha, brinca, da risada, zoa o adversário e fica feliz o resto da semana, mas sempre com foco total no jogo seguinte. Honra a camisa desde sua primeira partida até o dia de hoje, nunca tendo corpo mole. Nosso camisa 7 não desiste da bola, não desiste do gol e tão pouco da vitória. Dá o máximo de si para ajudar os seus companheiros, o máximo de si pra apoiar o técnico em meio à tantas críticas, e da o máximo de si pra ver cada um de nós da torcida (e também da sua família) felizes e saltitantes da maneira que estamos hoje. Então, deixo aqui toda a minha gratidão a esse homem que tanto bem nos faz. Porque assim, eu vim para esse mundo enaltecer Eduardo Pereira Rodrigues, sim!

Obrigada por absolutamente tudo! E obrigada principalmente pela pintura de ontem, tu encheu nosso coração de orgulho e nossos olhos de beleza. Tu é e sempre será o nosso Guerreiro, o nosso Capitão e o nosso orgulho.

Gostaria de encerrar esse texto, lembrando a cada um de vocês aquilo que o Dudu fala sempre e nunca nos deixa esquecer: "A melhor escolha da minha vida foi ter vindo jogar no Palmeiras!" Ah meu capita, eu te respondo com todo o meu coração, a melhor escolha do Palmeiras foi ter te contratado, e a melhor coisa do mundo é olhar pro campo e ver você com a camisa palestrina e a braçadeira de capitão. Você é excepcional, mudou a história do nosso Verdão.


Foto: Cesar Greco


Por: Sabrina Neri

Compartilhe isto

Posts Relacionados