A incógnita: Renan, Denis ou Sidão?

12:08:00
Salve nação São Paulina! 

Desde que as traves são paulinas não ostentam a presença de Rogério, nos vemos em uma eterna insegurança sobre quem estaria nos representando na defesa. Em meio a lambanças de uns, defesas grandiosas de outros, a torcida cada vez mais tenta achar um nome, ou melhor, um herói para herdar esse posto do ídolo que venhamos e convenhamos, é difícil de substituir. Um dos nomes (elogiado, inclusive, por Rogério) é o do contestado Denis. Ah Denis... 
Imagem: topsytone.com/ Sidão, Renan e Denis. 
Os números não mentem, em 2016 foram 68 jogos e 70 gols sofridos. O goleiro de 29 anos, reconhece as falhas, reconhece as limitações mas sempre alega fazer seu trabalho firmemente e merecer a vaga de titular. Em uma de suas falhas mais pontuais de 2016, o goleiro saiu errado com as mãos cometendo um gol contra na partida na Argentina pela Libertadores onde enfrentávamos o perigoso River Plate. Todavia, nos salvou em diversas partidas inclusive contra o Atlético Mineiro onde Lucas Cândido enviou uma bomba de fora de área e o goleiro fez uma bela defesa. O grande problema do Denis é a inconsistência do goleiro nas partidas, hora é bem, hora é terrivelmente mal. Bolas defensáveis entram, bolas difíceis são defendidas, e isso irrita a torcida que já não aguenta mais ver o goleiro falhar de forma medonha. Selecionei dois vídeos de dois extremos do goleiro:
Falha contra o River Plate:

Defesa espetacular contra o Atlético-PR:

Outra opção é o jovem menino Renan Ribeiro, que teve poucas chances na vaga de titular mas agrada muito a massa São Paulina. Em 2015 (ano no qual o goleiro teve mais oportunidades como titular) o jovem goleiro disputou 11 jogos e sofreu 14 gols. Renan é um goleiro comum, mas o que mais me agrada é seu posicionamento, sempre muito bem postado. Sua saída em bolas aéreas é de muita qualidade e acredito que deva ter mais sequência na titularidade. Um dos jogos em que o goleiro atuou em grande nível foi esse ano contra o Ituano onde empatamos por 1x1. 

Partida contra o Ituano:


E ainda temos ele, Sidão, o goleiro que veio para ser o arqueiro salvador do tricolor paulista. O goleiro de 34 anos que veio do nosso queridíssimo Audax, tem uma somatória de 14 gols em 7 partidas pelo São Paulo. Sidão chamou a atenção de Rogério por se destacar na saída de bola com o pés e ser um ótimo pegador de pênaltis. Mostrou apenas a parte da frieza em pênaltis, já que nos dois jogos da Flórida Cup onde fomos para a decisão por penalidades, o arqueiro mostrou eficiência. Em contrapartida, o goleiro não mostrou até agora o porquê veio com status de "estrela", e apesar de ser um bom goleiro, se mostra muito mal posicionado em alguns lances e comete as mesmas falhas de Denis: bolas defensáveis, entram com facilidade.

Sidão pela Florida Cup:


De qualquer forma, sei que o menino Renan Ribeiro deveria ter mais sequência. E ainda pontuo que o nosso ex goleiro Léo Vieira, tem feito atuações brilhantes no Paraná Clube. Léo foi formado na base e sem oportunidades no tricolor, concretizou sua venda para o Paraná. 

Bom, Rogério mais do que ninguém tem critérios cautelosos na escolha do goleiro ideal pro São Paulo até porque a bagagem que carrega é rica. Mostrou uma boa rotativa de jogadores e principalmente na vaga de goleiro, o que me agrada muito. A maioria da torcida pede Renan, mas a decisão não é só nossa. Que tenhamos uma defesa melhor, amém! 

Siga-nos no twitter: SPFC_VQTTV

Compartilhe isto

Posts Relacionados