Classificação? Possível, mas time (e técnico) precisam mudar postura

12:43:00

Ceni escalou sistema diferente, mas lesão de Nem e entrada de Cícero prejudicaram (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Ceni escalou sistema diferente, mas lesão de Nem e entrada de Cícero prejudicaram (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)


Exceção clara feita à volta de Cueva ao time do São Paulo depois de quase vinte dias no departamento médico por conta de lesão muscular, a semana passada do time foi péssima: derrotas por 0x2 em casa para Cruzeiro e Corinthians, risco iminente de eliminação de duas competições simultaneamente na mesma semana e para piorar, nenhum gol a favor marcado e pressão absurda contra o São Paulo. 

Assim como as glórias, os deméritos da derrota - ou de uma sequência delas - também são e englobam diretoria, comissão técnica e todos os jogadores: treinos de finalizações precisam ser aprimorados, esquemas modificados e o mais importante de tudo que as vitórias - e as classificações - precisam voltar para resgatar o bom ambiente do clube que anda bem conturbado.

Engana-se quem pensa que o São Paulo irá a Belo Horizonte "cumprir tabela": mesmo sem nenhum lateral-direito - Bruno e Buffarini estão cortados do jogo por lesão muscular e o volante Araruna, que estava improvisado na função, também se machucou e está fora - e com os 0x2 contra para serem pelo menos igualados para levar o jogo para os pênaltis, é bom perguntar a Mano Menezes o que ocorreu no jogo Corinthians x Atlético-MG em 2014, também pela Copa do Brasil: no jogo de ida, o time paulista treinado por Mano Menezes na época venceu o mineiro pelo mesmo placar do jogo de ida da vitória do Cruzeiro sobre o São Paulo no Morumbi - com direito a "dancinha" em campo do então técnico corintiano na partida disputada no Pacaembu -, mas em Belo Horizonte, o time comandado por ele entrou "desligado" e o Atlético-MG acreditou até o último minuto. Resultado? 4x1 Atlético-MG: CLASSIFICADO - e a imprensa já cravava o time corintiano na próxima fase -.


Verdade que o São Paulo-17 é muito diferente daquele Atlético-MG, até porque esse time tricolor está montando sua "cara" e ainda não tem títulos, diferente do time mineiro acima citado que tinha ganho a Libertadores no ano anterior e em 2014, depois dessa épica virada, caminhou para o inédito título da Copa do Brasil: o São Paulo mesmo com muitos desfalques pode sim devolver a diferença de gols lá em Belo Horizonte, levar a decisão para os pênaltis e conseguir a vaga, por que não?

Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data e horário: quarta-feira, às 19h30 (de Brasília)
Provável São Paulo: No 4-2-3-1: Renan Ribeiro; Wesley (Bruno), Maicon, Lucão e Junior Tavares; Rodrigo Caio, Jucilei e Cueva; Thomaz, Lucas Pratto e Luiz Araújo.
No 3-4-1-2: Renan Ribeiro; Maicon, Lucão e Rodrigo Caio; Wesley (Bruno), Jucilei, Cícero e Junior Tavares; Cueva; Pratto e Gilberto.
Desfalques: Sidão (aprimora a forma física após se recuperar de lombalgia), Araruna (estiramento na coxa esquerda), Buffarini (estiramento na coxa esquerda), Lucas Fernandes (aprimora a forma física após se recuperar de estiramento na coxa esquerda), Wellington Nem (lesão no menisco do joelho esquerda), Chavez (edema na coxa esquerda) e Thiago Mendes (suspenso)
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Transmissão: Fox Sports

Rumo à vitória, São Paulo!



Twitter: @ManoelRocha4  @Soberano

Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados