Copa do Brasil: São Paulo enfrenta Cruzeiro, tentando quebrar longa invencibilidade rival e abrir vantagem em casa

08:15:00

São Paulo e Cruzeiro jogam pela 4ª fase da Copa do Brasil - nesse ano, o torneio conta com uma fase a mais - e o duelo por si só é recheado de situações que engrandecem o confronto: Fábio, goleiro e ídolo cruzeirense que retorna após 8 meses parado, foi uma das "vítimas" preferidas do agora técnico Rogério Ceni quando jogador, o clássico é considerado "o mais desequilibrado do futebol brasileiro" em Campeonatos Brasileiros dado o amplo retrospecto tricolor, mas quando ocorre disputa em mata-mata, a situação fica favorável para o lado azul e claro, a longa invencibilidade rival em 2017 - feito que o São Paulo quer encerrar no jogo de ida -.



Gilberto tem dez gols no ano: ele prefere atuar centralizado (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Gilberto tem dez gols no ano: ele prefere atuar centralizado (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)



A evolução tricolor é visível: o time que só tinha ficado uma partida oficial sem tomar gol em 2017 - justamente na estreia da Copa do Brasil contra o Moto Club -, vem de impressionantes 5 jogos sem ser vazado e o ataque que esteve em baixa após a massacrante derrota para o Palmeiras, foi se reabilitando durante o Campeonato Paulista e já soma 8 gols nos últimos 3 jogos: média superior a 2 por jogo.

Cueva não joga desde 28 de março, quando se machucou pelo Peru (Foto:  Érico Leonan / saopaulofc.net)
Cueva não joga desde 28 de março, quando se machucou pelo Peru (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Quem ainda é dúvida para a partida no Morumbi contra o Cruzeiro é o meia Cueva: o camisa 10 será submetido a exames para o clube acompanhar o estado da recuperação do jogador para só com o resultado em mãos saber se podem ou não contar com o jogador para quinta-feira.

Não será um jogo fácil, mas o São Paulo recuperou a confiança, está com um bom elenco e não será surpresa nenhuma se o time tricolor sair vencedor desse confronto e até com uma vantagem considerável para o jogo de volta no Mineirão, no próximo dia 19.

Curiosidades:


Assim como aconteceu com o Campeonato Brasileiro, por resolução da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), a Copa do Brasil também foi unificada, então, por conta disso, ela é considerada de 1967 a 2016 e não desde 1989, data da sua real fundação.

No retrospecto entre os times por essa competição, nenhuma vitória tricolor, 2 empates e 2 derrotas, uma delas por 2x1 em 1993 no Morumbi e a mais lembrada e doída certamente foi a da final da Copa do Brasil de 2000 - time se sagraria campeão com vitória ou empate com gols em Belo Horizonte e tomou a virada aos 46 minutos do segundo tempo, perdendo o jogo por 1x2 -.

Local: Morumbi
Data e horário: quinta-feira, 21h30 (horário de Brasília)
Escalação provável: Renan Ribeiro, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio (Lucão) e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem, Luiz Araújo e Pratto
Desfalques: Sidão (lombalgia), Bruno (entorse no tornozelo esquerdo), Cueva, Lucas Fernandes e Edimar (estiramento na coxa esquerda)
Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa-RS), auxiliado por Rafael da Silva Alves e Leirson Peng Martins (ambos do RS)
Transmissão: Fox Sports
Tempo Real: no GloboEsporte.com, a partir das 20h30

Rumo à vitória, São Paulo!


Twitter: @ManoelRocha4  @Soberano

Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados