Flamengo vence o Botafogo e avança até a final do campeonato Carioca

22:52:00


  O Flamengo tinha a vantagem do empate na partida de hoje no Maracanã, a escalação com os 3 volantes: Rômulo, Arão e Márcio Araújo dava a impressão de  quem tomaria a iniciativa seria o Botafogo. Do lado Alvinegro, o time titular, mesmo desgastado pelo fato de jogar quinta no Equador, deveria tomar a iniciativa de propor o jogo. Contudo, o que se viu no primeiro tempo foi o time da Gávea tendo mais posse de bola, atacando mais, com Arão e Rômulo jogando ofensivamente, em cima do seu rival. A vantagem do empate parecia invertida, com o time Alvinegro se resignando à marcação. A melhor chance foi num cruzamento de Everton, deixadinha de peito de Arão, dentro da área, para um chute de Guerrero. Gatito fez grande defesa. Fora isso, o Flamengo teve a bola, atacou, mas sem lograr seu gol. 0 a 0 ao fim do primeiro tempo.
  O segundo tempo prometia ao torcedor um Flamengo mais cauteloso e um Botafogo ofensivo. Só parecia! Logo aos 4 minutos, Everton centrou a bola na área, Victor Luís rebateu, e ela sobrou a feição, a caráter para um chute firme, colado, que estudo a rede mesmo com o toque de Gatito, finalização de Paolo Guerrero. Dependendo da virada, Jair Ventura lançou Guilherme e Sassá. Em partida até ali segura de Vaz e Réver, Sassá lutava muito, mas perdia todas as dividas contra os Zagueiros Rubro-negros. Sem abnegar do ataque, Flamengo foi premiado com o segundo gol em um pênalti cobrado pelo Guerrero, depois que Fernandes colocou a mão na bola em de Everton. Ainda melhor, Guerrero perdeu o terceiro cara a cara com Gatito e a chance de pedir música no Fantástico e um "Hat-Trick". Sassá ainda diminuiu numa recuo bisonho do capitão Réver, que deu o tranco por trás dentro da área, comento a penalti. Sassá diminuiu, no entanto, nada que deixasse menor o tamanho da atuação e vitória Rubro- negra. 2 a 1 e o passe para a final, em dois domingo seguidos, contra o Fluminense.


  Destaque da partida: Guerrero. O Centro- avante lutou, brigou, tirou bolas na defesa, marcou, ainda fez os 2 gols da vitória Rubro-negra: um gol graças ao seu bom posicionamento no rebote e outro num pênalti bem cobrado. Perdeu o terceiro, mas fez grande partida.




Compartilhe isto

Posts Relacionados