Pós-jogo de Peñarol 2x3 Palmeiras

18:56:00

Nosso Alviverde venceu o Peñarol por 3 a 2 nesta quarta-feira (26) em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Por conta da derrota de virada, a partida terminou em violência generalizada, com jogadores do Peñarol agredindo jogadores do Palmeiras, assim como os torcedores nas arquibancadas do estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu.

Com futebol fraco e deficiente no primeiro tempo,o Alviverde perdia por 2x0, com gols de Alonso (13') e  Árias (38'). Peñarol no qual chutou apenas três vezes a gol, num fraco primeiro tempo, o qual a equipe mandante fez o placar favorável, sem fazer muita força/ruindade da equipe. O Palestra passou 45 minutos sem dar UM MÍSERO CHUTE AO GOL. Não incomodou o rival, e se mostrou perdido num esquema com três zagueiros.

Veio a etapa final, e com as alterações feitas por Eduardo Baptista, a equipe 'entrou' em campo, e passou o trator na etapa complementar. No início do 2° tempo, qual o time voltou com outra cara,  além raça e garra que só a Sociedade Esportiva Palmeiras tem,  as entradas de Willian Bigode e Tchê Tchê, nas vagas de Vitor Hugo e Egídio, sacudiram Montevidéu. A reação iniciou com assistência de Borja, e um golaço de Bigodón das Américas, aos 4'. Com chutaço no ângulo. Mina marcou 13 minutos mais tarde, após cruzamento primoroao de Jean. Já o gol da virada decisiva, veio novamente com Willian, em nova assistência de Jean - que participou dos três gols - e na pequena área, recebeu passe rasteiro e empurrou pro gol. 

Aproveitou-se o time Alviverde de sua remontada, e  acabava o jogo com o resultado que pareceu justo pelo futebol que foi apresentado. Mas quando foi solto o apito final, jogadores do time uruguaio indignados com a derrota resolveram que aquele jogo tão bom no 2° tempo iria acabar com cenas realmente lamentáveis, os jogadores do Palmeiras foram encurralados, Fernando Prass e Willian infelizmente não conseguiram sair ilesos, como vocês já devem saber por conta as manchetes maldosas sobre o Felipe Melo, que se defendeu com um soco após ser “perseguido” por um jogador do time uruguaio, que o Felipe Melo foi o único que se defendeu com algum tipo de agressão.

Palmeiras só vem a campo na Libertadores pela 5° rodada do Campeonato mais importante das Américas no dia 03 de Maio contra o Jorge Wilstermann na Bolívia.



Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras




Por: Vitany Fernandes

Compartilhe isto

Posts Relacionados