Pós-jogo: Flamengo 2 x 1 Atlético Paranaense

01:18:00
 

 O que parecia ser um jogo pegado, truncado e tático no começo ficou apenas na teoria. Guerrero recebeu lindo lançamento de Trauco, deslocado para a conta esquerda, brigou com Paulo André e Thiago Heleno, bateu na perna de Weverton, na sua saída do gol, mas ela subiu e caiu na cara do gol, para Guerrero empurrar de cabeça logo aos 6: 1 a 0. Atlético tinha mais posse, jogada no campo de ataque, mas em uma escapada de Arão pela direita, cruzamento, a bola sobrou a feição para o camisa 10 da Gávea, Diego, mandar a bola no ângulo direito do goleiro; não era o segundo gol, era uma pintura, uma obra de arte aos 15. Apesar de Nikão assustar em chute de fora da aréa defendido por Muralha, a intensidade, distribuição de bola de Diego, infiltração e superioridade numérica de Trauco no meio e as infiltrações de Arão prevaleciam frente a o domínio paraense na bola. Diego, livre, de fora da área, carimbou a trave de Weverton, num chute lindo aos 26. O primeiro tempo terminou com vantagem Rubro-negra.





  O time da casa caiu de rendimento no 2 tempo e viu outro time dominar cada vez mais o jogo, porém agora criando chances.  Com a entrade de Grafite, ganhou-se presença de área, e, num gol irregular, Nikão empurrou cruzamento para as redes aos 14. Com 20, perdeu Diego machucado. Ainda teve uma polêmica no toque de mão na área Paranaense, teve a  boa entrada de Cirino . Como no primeiro tempo, O Atlético teve a posse, mas não criou  chances claras e acabou derrotado. Flamengo lidera o grupo 4 da libertadores com 6 pontos, seguido da Universidad Católica com 5, Atlético Paranaense com 4 e San Lorenzo com 1.








Compartilhe isto

Posts Relacionados