Pré-Jogo - INTERNACIONAL x Palmeiras: Noite de copa, lutar para seguirmos firmes (e Guto Ferreira fechou).

16:24:00
Dourado, Borja e Fabinho na jogada. Foto: desconhecido

E o homem veio, mesmo! Após uma década e meia longe do Beira-Rio, pelo menos nas vivências diárias do colorado, Guto Ferreira retorna ao clube do povo. Prata da casa e velho conhecido dos colorados (pelo menos daqueles que nasceram antes dos anos 90 sim), agora com mais bagagem, o “gordiola” como é carinhosamente chamado pelos torcedores, terá de provar que pode sim, atualmente entre os profissionais que evoluiu e se atualizou. Em suas campanhas nas equipes as quais comandou, procurou manter um futebol ofensivo e com esquemas. Não sabemos o quão trará frutos a chegada de Guto, no entanto a direção procurou ser humilde, reconstruir uma essência, buscar “renovação de caras” e comandos. Guto na minha visão tem isso. É um treinador que sabe fazer a leitura do jogo correta e seus trabalhos mostram isso.

HOJE É NOITE DE COPA DO BRASIL

O Internacional precisa reverter, vencer pelo menos por dois gols de diferença caso queira passar diretamente. Danilo Fernandes pode retornar ao gol colorado e seu xará Danilo Silva deve continuar ganhando uma chance no time colorado, e o capitão D'Alessandro também volta. O time será montado e auxiliado por Odair Hellman, a partir das 21h45, no Gigante Para Sempre, Beira-Rio. E será um teste forte depois da saída de Antônio Carlos Zago, e mesmo que vença, a cobrança seguirá forte, pois necessitamos vencer no sábado também.

O Palmeiras virá para a capital após perder o clássico contra o São Paulo por 2 a0. Prass ultimamente está em baixa, por acumular algumas falhas consecutivas, com isso, Palmeiras jogará para vencer e Prass por um lado não sofrer algum perigo e quem sabe se consagrar.

INTER
Danilo Fernandes; William, Danilo Silva (Léo Ortiz), Victor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenílson, Uendel e D'Alessandro; Marcelo Cirino e Nico López
Técnico (interino): Odair Hellmann

PALMEIRAS
Fernando Prass; Fabiano, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Tchê Tchê e Jean; Róger Guedes, Dudu e Willian.
Técnico: Cuca  

Ricardo Marques Ribeiro (Fifa), auxiliado por Márcio Eustáquio e Pablo Almeida da Costa (trio mineiro). 

Por isso a copa eu quero vencer, a todo o lado eu sempre te seguirei. 

Hugo Severo 

Compartilhe isto

Posts Relacionados