Raphael Veiga, um atleta consciente

20:09:00

Pouco mais de um ano depois de sua estreia como profissional, Raphael continua defendendo uma camisa verde, mas agora a do Palmeiras, por onde tem “vontade de fazer história”, como disse em entrevista exclusiva ao site FOXSports.com.br, junto ao jornalista/repórter Rodrigo Santos. A seguir, a reprodução da resenha, que mostra o camisa 20 do Verdão, ciente do seu momento no clube.

- “Ano passado as coisas mudaram muito rápido para mim. Então, quando eu subi no Coritiba e comecei a jogar vieram alguns times, até pela minha idade. Eu tenho que trabalhar cada dia, não importa onde eu estou, porque eu quero melhorar sempre”, disse Veiga.

Apesar de ter recebido várias propostas, Raphael não demorou para se encantar e escolher o Palmeiras. “Pela forma que me trataram, pelo projeto que eles tinham aqui para mim e pela estrutura. Quando eu vim conhecer fiquei apaixonado”.

Treinando há cerca de quatro meses em sua nova casa, tudo tem sido um aprendizado para o garoto de 21 anos.

- “Aqui no Palmeiras tem bastante jogadores de qualidade, muitas pessoas que já tem alguma história no futebol, então, para mim, está sendo um aprendizado. Eu tenho aprendido um pouco com cada um”. R. Veiga

Em um elenco que conta com jogadores já consagrados e com muita história no futebol, Raphael vai tentando aprender um pouco com cada companheiro.

- “Sou uma pessoa que conversa com todo mundo e procuro tirar um pouco de cada um, mas acho que eu tenho conversado mais com o Felipe (Melo), com o Willian, com o Jean e tenho acompanhado o Guerra um pouco, por ser da mesma posição, vejo aquilo que ele faz de bom para eu incluir no meu jogo”. Raphael Veiga

Natural de São Paulo, o jogador não encontrou dificuldades para se adaptar ao Palmeiras.

“Foi muito fácil. O grupo aqui é um grupo de amigos, então todo mundo se dá bem. Todo mundo nos trata bem. Todo mundo nos recebeu muito bem, não tem como não gostar desse grupo”. Afirmou RV20.

Meia, canhoto, saindo do Coritiba, indo para o Palmeiras... A história lembra muito a de Alex, com quem Veiga conversa.

“Todo jogador que joga na posição que eu jogo lembra dele. Eu o admirava quando ele jogava. Converso sim com ele. Ele me dá alguns conselhos, fala algumas coisas, mas procuro separar as coisas. O Alex tem a história dele já formada e a minha ainda está começando”.  RV20

Com oito jogos oficias no Palmeiras, Veiga tem consciência do que precisa fazer para ganhar mais espaço no time.

“Eu sabia que, pelo fato do Palmeiras ter bastante gente, ainda mais na minha posição, ia ter algum momento que eu ia jogar menos, vai ter algum momento que eu vou jogar mais, mas eu tenho que trabalhar a cada dia e melhorar o meu futebol, que é o que vai me sustentar”. Raphael Veiga

Sabendo de suas qualidades, o jogador tem vontade de ter uma carreira vitoriosa com o Verdão.
“Quem não tem, né? Com certeza tenho vontade de fazer história, ganhar títulos e melhorar sempre. Melhorando a cada dia e fazendo o meu máximo, com certeza os títulos vão vir como consequência” R. Veiga




Foto: Ale Cabral/AGIF





Por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados