A expectativa é boa: novos reforços, nova chance de subir na tabela!

12:40:00
Recentemente, o São Paulo anunciou dois importantes reforços: Arboleda e Jonathan Gomez. Bons nomes e com moral, vieram e trouxeram expectativas extremamente positivas quanto ao que têm para oferecer com a camisa mais pesada do Brasil. Ambos parecem estar felizes com o novo desafio de jogar aqui no Brasil, já que os jogadores tem ampla rodagem pelo futebol Sul Americano e tendem a se adaptar bem ao Brasil, ou não.

Jonathan e Arboleda vêm para suprir duas necessidades urgentes do São Paulo: qualidade na zaga e qualidade na armação do jogo. Atualmente, o setor defensivo do tricolor paulista está a cada partida atuando de forma pífia, fazendo uma trapalhada atrás da outra, ocasionando desconforto tanto na torcida como nos jogadores enquanto o setor ofensivo, apesar de chegar na área, não atua de forma "redonda" armando jogadas que realmente expressem algum perigo ao adversário. 
Imagem: TopTwitter.com/ Jonathan Gomez pelo Santo Fé.
Arboleda vem para substituir Maicon que deve ir embora para o Galatasaray enquanto Jonathan não deve vir para substituir ninguém e sim para jogar ao lado de Cueva onde um complementaria o outro; se juntarmos as habilidades de ambos, teríamos um meio campo muito bom criativo, característica que Jonathan esbanjou em todos os clubes pelos quais passou. 
Imagem: SPFC.Net/ Arboleda já com o manto mais pesado do Brasil.
Fora esses nomes, outro jogador tem deixado a torcida ansiosa e este seria Petros, o ex Corinthiano que teve uma boa passagem pelo Corinthians e hoje atua pelo Bettis, deverá vir para fortalecer o meio campo defensivo do tricolor paulista.

O que o São Paulo ganha?
Força. Arboleda é um jogador seguro e na posição que atua, isso é uma exigência básica. Se juntarmos a jovialidade de Rodrigo Caio e sua experiência internacional, podemos ter uma zaga com força total na contenção, é uma boa aposta e nos traz uma boa expectativa. Jonathan é um meio campista criativo e rápido e deve trazer para o São Paulo uma grande qualidade ofensiva já que Cueva perdeu seu futebol desde que se lesionou pela seleção Peruana; não que isso impeça os dois de jogarem juntos, muito pelo contrário, Rogério pode colocar Gomez "na cabeça" do meio campo para armar e dar velocidade enquanto Cueva infiltra nas laterais do campo, auxiliando nosso fator surpresa, Marcinho. 

Os jogadores devem estrear na partida contra o Flamengo, já que como a transferência é internacional, a burocracia é um pouco mais extensa. 

Que joguem com respeito pela maior camisa do Brasil. 

Natália Andrade
Siga-nos no twitter: SPFC_VQTTV

Compartilhe isto

Posts Relacionados